O meu Basquet! (2)

Não podia estar mais contente com o meu regresso. Não podia mesmo. Os últimos quatro anos foram uma luta constante para superar a lesão e conseguir voltar a um ritmo que me permitisse jogar sem limitações, dores ou preocupações.

No jogo de ontem caí e quase que me magoei a sério. O joelho a que fui operada duas vezes não se queria mexer e eram só dores por todo o meu lado esquerdo do corpo.

Felizmente não passou de um susto. Ficaram os arranhões, as queimaduras (o chão era em tacos de madeira), as feridas, mas o meu joelho respondeu à altura e mal a dor acalmou, já eu corria pelo campo novamente.

O meu percurso no basquet já ronda os dez anos, com quatro anos parada devido a lesão, e como os leitores mais atentos devem saber, já vivi muito nestes dez anos. E mesmo após tanta luta e algumas desilusões, a paixão não desapareceu. Jogar basquetebol é, para mim, como respirar. É o meu escape, a minha paixão, o meu equilíbrio quando mais preciso dele.

E pronto, queria apenas soltar mais este desabafo. Estou mesmo contente e orgulhosa por tudo o que lutei e consegui. Voltar a jogar e a competir, foi mais uma vitória. Para saberem mais sobre o meu mundo do basquet, basta visitarem este link.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
3 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maria João
Maria João
10 anos atrás

Estou tão feliz por ti. Tenho noção de que a vida de quem adora o basket não é nada fácil e ver alguém a conseguir superar após tantas dificuldades só demonstra que o que é necessário é força de vontade. Muitos, muitos parabéns. És sem dúvida um exemplo a seguir

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Maria João, muito, muito obrigada :')
Sem dúvida que a força de vontade é o elemento chave. Não só para este caso concreto, mas para ultrapassar qualquer adversidade na vida.
O basquet será sempre parte de mim, como jogadora ou treinadora e não podia mesmo estar mais feliz. Voltar a jogar chegou a estar quase posto de parte. Mas com força de vontade e dedicação, tudo se consegue.

Um grande abraço e um beijinho, Maria João. Obrigada por este comentário =) *

Ana Lima
Ana Lima
10 anos atrás

Do pouco que li aqui acerca do teu percurso no basquet acho que deverias ser um exemplo de força, dedicação, garra e querer para as camadas mais jovens do União.
Tenho pena que muitas daquelas miúdas não encarem o desporto com a mesma paixão que tu!

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide