Opinião: “Sonho Febril” de George R.R. Martin

Sonho Febril

George R.R. Martin

Editora: Saída de Emergência

Colecção: Bang!

Nº de Páginas: 400

Sinopse: Rio Mississípi, 1857. Abner Marsh, respeitável mas falido capitão de barcos a vapor, é abordado por um misterioso aristocrata de nome Joshua York que lhe oferece a oportunidade única de construir o barco dos seus sonhos. York tem os seus próprios motivos para navegar o rio Mississípi, e Marsh é forçado a aceitar o secretismo do seu patrono, não importando o quão bizarros ou caprichosos pareçam os seus actos. Mas à medida que navegam o rio, rumores circulam sobre o enigmático York: toma refeições apenas de madrugada, e na companhia de amigos raramente vistos à luz do dia. E na esteira do magnífico barco a vapor Fevre Dream é deixado um rasto de corpos… Ao aperceber-se de que embarcou numa missão cheia de perigos e trevas, Marsh é forçado a confrontar o homem que tornou o seu sonho realidade.

Opinião: ‘Sonho Febril’ é a primeira obra que leio do autor George R.R. Martin. Sei que este é mais conhecido pela saga ‘As Crónicas de Gelo e Fogo’ e sendo este livro de um género um pouco diferente, estava bastante curiosa.

Todos têm noção que os vampiros voltaram a estar na moda, mais que nunca, mas nem sempre todas as obras inseridas nesta temática conseguem trazer algo de novo que nos agarre à leitura e nos surpreenda. George R.R. Martin teve essa capacidade.

Fevre Dream é o sonho de qualquer capitão de um barco a vapor. Grande, imponente, rápido e de uma beleza extradordinária. E claro, ficará para sempre na história! Tudo parece começar bem, nas primeiras viagens, com o transporte de passageiros e cargas e com pequenas corridas com outros barcos a vapor de renome. Até que o capitão Joshua York começa a demorar-se cada vez mais nas suas visitas a terra e os tripulantes começam a ficar cada vez mais desconfiados dos hábitos do seu capitão.

Joshua é uma personagem intrigante, misteriosa e extremamente apelativa. Nunca sabemos ao certo quem é, o que é, pelo menos até metade do livro. O autor consegue manter o mistério e a incerteza durante boa parte do livro mantendo o leitor sempre em expectativa. 

Marsh é uma personagem divertidíssima, de uma personalidade avassaladora e com um caráter de honra. Mesmo quando o impossível acontece, quando o irreal se torna real, ele mantém-se sempre fiel ao seu código moral ficando ao lado de quem poucos ficariam.

Outra personagem fulcral e que não aparece na história é Julian, um vampiro já ancião, uma besta adormecida que domina a maioria da raça vampírica.

Quem sairá vencedor na luta por uma raça melhor? Os da sede vermelha ou o rei pálido que os irá libertar? 

Sonho Febril é então um livro com uma escrita muito acessível, com um bom ritmo e que prende o leitor da primeira à última página. Gostei Muito.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide