Opinião: ‘O Eremita Galego’ de Pedro Miguel Rocha

O Eremita Galego

Pedro Miguel Rocha

Editora: Esfera do Caos

Sinopse: Este livro conta-nos a história de um professor universitário de filosofia, de 50 anos, que, a dada altura, vergado por conflitos pessoais e profissionais, e por uma devastadora intriga que o leitor acompanhará com emoção, sente uma incontornável neces­sidade de se refugiar na costa galega, num casebre abandonado. Viverá, então, a partir daí e durante vários anos, totalmente isolado do mundo, relegado, por opção própria, à quase exclusiva com­panhia do mar.

Opinião: São poucos os autores que têm a capacidade de nos deixar pensativos e introspectivos após uma leitura. Isto, porque nem todos conseguem tocar-nos na alma e falar-nos ao espírito, obrigando-nos a pôr umas quantas coisas em perspectiva. Pedro Miguel Rocha, para além de ter essa capacidade, tem a mestria de nos comover, revoltar e por fim provocar um sentimento de redenção para com o que nos rodeia.

A nossa a vida, a nós pertence. O caminho que percorremos é decido a cada instante pelas nossas acções. Esquerda ou direita, acreditar ou duvidar, pôr em causa ou seguir cegamente, lutar ou desistir.

‘O Eremita Galego’ dá-nos a conhecer um homem que decide lutar pelo seu sonho, ser escritor. Mas depois de uns quantos ‘nãos’ editoriais com as famosas respostas ‘não se enquadra na nossa linha editorial’ por ser demasiado objectivo e realista, começa a duvidar de si próprio. A sua esposa começa a cobrar o tempo que ele perde à volta desse sonho que não passa mesmo disso, de um sonho. Até que uma semente é semeada, uma semente de inveja e traição e o mundo deste nosso filósofo desmorona. Ele isola-se. A vida continua na mesma. Quando decide voltar ao mundo real, é arrebatado por uma série de factos que o fazem agarrar de novo à vida, dando-lhe a motivação necessária para deixar uma marca benéfica da sua existência.

Adorei este pequeno livro do Pedro Miguel Rocha. Um autor autêntico, com uma escrita comovente tocando em vários pontos sensíveis. Um autor a ter em conta. Gostei.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
3 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Unknown
Unknown
9 anos atrás

Sofia,
também me parece bastante apelativo.
Seguindo a tua opinião descobri ainda pelo menos um título do mesmo autor que desejo ler.
Estão os dois na cada vez mais loooonga lista de compras.

Lars Gonçalves
Lars Gonçalves
9 anos atrás

O livro parece bastante interessante. Sofia eu dei-te um selo do Liebster Blog 😉

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Obrigada aos dois pelos comentários 🙂

Lars, tenho de ir ao teu blog buscá-lo então :))

Obrigada!

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide