João Tordo é o único português nos finalistas do Prémio Literário Europeu

O escritor João Tordo é o único autor português entre os finalistas da 6.ª edição do Prémio Literário Europeu, cujo vencedor será conhecido, em Bruxelas, a 5 de dezembro. O anúncio foi feito esta terça-feira.

O escritor João Tordo foi selecionado pela edição francesa de “O Bom Inverno” (“Le Bon Hiver”), traduzido por Dominique Nedellec, e publicado pela Actes Sud.

O livro foi editado pela Dom Quixote em agosto de 2011, e encontra-se atualmente no mercado em 4.ª edição, segundo a editora.

“O Bom Inverno” conta a história de um escritor frustrado e hipocondríaco que se desloca a Budapeste, Hungria, onde acaba por conhecer um escritor italiano mais jovem, mais enérgico e muito pouco sensato.

O jovem escritor italiano convence-o a ir com ele até Sabaudia, em Itália, onde o famoso produtor de cinema Dom Metzger reúne um leque de convidados excêntricos numa casa escondida no meio de um bosque.

Além de “O Bom Inverno”, a Actes Sud publicou, de João Tordo, o romance “As Três Vidas” (“Le Domaine Du Temps”).

Nascido em Lisboa a 28 de agosto de 1975, João Tordo formou-se em Filosofia e estudou Jornalismo e Escrita Criativa em Londres e Nova Iorque.

Foi vencedor do Prémio Jovens Criadores em 2001, e venceu o Prémio José Saramago 2009 com o romance “As Três Vidas” (2009).

Foi finalista dos prémios Portugal Telecom, Fernando Namora e Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores.

Publicou também os romances, “O Livro dos Homens Sem Luz” (2004), “Hotel Memória” (2007) e “Anatomia dos Mártires” (2011).

Originalmente publicado emhttp://www.jn.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=2751158&page=1

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide