Opinião: Crónica dos Bons Malandros de Mário Zambujal

Crónica dos Bons Malandros

Mário Zambujal

Editora: Quetzal

Opinião: Imaginem uma quadrilha composta por pessoas que não são mais que os estilhaços dos seus tumultuosos passados… Este grupo tão diversificado de pessoas e personalidades decide que quer assaltar a Gulbenkian! Nem imaginam o misto de emoções que senti a ler este livro. Admito, com alguma vergonha e embaraço, que só agora me iniciei na escrita de Mário Zambujal, mas já estou completamente rendida. Só posso agradecer ao meu fisioterapeuta por me ter convencido a lê-lo!

Cada capítulo deste pequeno grande livro dá-nos a conhecer primeiro a quadrilha, depois a história de cada um e como é que acabaram a pertencer ao grupo de Renato, o Pacífico. Gargalhadas compulsivas foram inevitáveis, mas também houve outros momentos mais solenes e sérios. Porém, foi das melhores companhias que tive como leitura nos últimos tempos. A escrita de Mário Zambujal é qualquer coisa de Muito Boa. A forma como caracterizou as suas personagens está fenomenal e é impossível não identificar a ironia patente entre os nomes que lhes deu e os seus cognomes.

O enredo está embutido de acção rápida e que não dá descanso ao leitor, deixando-o ávido por mais. O autor vai-nos conduzindo para o cenário final de forma a que quando menos esperamos nos consiga surpreender com as suas reviravoltas. Foi surpreendente a forma como me vi pegada à leitura. Confesso que costumo ler pouco dentro do género deste livro, mas sem dúvida que fiquei fã e vou querer repetir a dose! Tenho de voltar a reforçar que adorei a escrita de Mário Zambujal: descontraída, cómica e sem pudores. Excelente!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide