Opinião: O Pistoleiro (A Torre Negra #1) de Stephen King

O Pistoleiro (A Torre Negra #1)

Stephen King

Editora: Bertrand

Sinopse: No primeiro livro desta série brilhante, Stephen King apresenta os leitores a uma das suas personagens mais enigmáticas, Roland de Gilead, o último dos pistoleiros. Roland é uma figura marcante, um solitário numa viagem arrebatadora em direção ao bem e ao mal. No seu mundo desolado, que reflete assustadoramente o nosso, Roland persegue o homem de negro, conhece a atraente Alice e começa a sua relação de amizade com um rapaz de Nova Iorque chamado Jake. Ao mesmo tempo realista e onírico, “O Pistoleiro” deixa os leitores ansiosos pelo novo capítulo desta série.

Passada num mundo de circunstância extraordinárias, com um imaginário visual espantoso e personagens inesquecíveis, a série A Torre Negra é ímpar. A obra mais visionária de Stephen King, um misto mágico de fantasia e horror.

Opinião: Antes de tocar neste livro, ainda não tinha tido a experiência de ler Stephen King. Após a sua leitura, confesso que talvez não tenha sido a melhor obra para começar. Não que não tenha gostado, muito antes pelo contrário, apenas não é fácil categorizar ou sequer opinar sobre este primeiro volume da série A Torre Negra. O Pistoleiro, sendo uma mistura de géneros como o horror, o fantástico e o western, provoca no leitor diversas sensações no decorrer da história, não sendo de todo trivial descrevê-las.

A demanda de Roland é algo que só vamos entendendo com o desenrolar da trama. Ao longo dessa epopeia que é a perseguição ao homem de negro, rumo à Torre Negra, o último pistoleiro do seu tempo vai-se cruzando com outras personagens extremamente enigmáticas. A sua envolvência com elas permite-lhe voltar atrás no tempo e, no meio das suas recordações, contar-nos o seu passado e como chegou à situação actual.

A escrita de Stephen King é bastante poderosa no que diz respeito a tocar na mente do leitor e em projectar as devidas imagens e emoções. Desde a descrição do deserto, aos conflitos interiores de Roland, a sua afeição por Jake, o continuar a todo o custo a missão que julga ter; todos estes cenários são incutidos no leitor de maneira a transportá-lo para os mesmos, ansiando por uma resolução. Esta Torre Negra, este eixo entre todos os mundos, é ainda um enigma para mim.

Este é, então, o início de uma série muito promissora. Num registo cru, um tanto quanto onírico, o autor mostra uma trama delineada pelo extraordinário. Apesar de por vezes achar o raciocínio um pouco confuso, o que é certo é que me deixou curiosa o suficiente para esperar pelos restantes livros e quem sabe explorar outras obras do autor, doutros géneros, noutras facetas. Para os amantes dos géneros em que este livro se encaixa, tenho a certeza que não lhes ficará indiferente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Póvoa
Paulo Póvoa
7 anos atrás

Os livros de Stephen King são todos poderosos, e a série da torre negra é fantástica, até existe em versão banda desenha também caso não saibas 🙂

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide