[Música – Opinião Blog Morrighan] Descobrindo, passo a passo, A.V.O. de Noiserv

Descobri Noiserv há já algum tempo e a minha admiração pelo David Santos e a sua música tem vindo a crescer de forma soberba com esse tempo. A.V.O., o seu segundo álbum, chegou recentemente ao mercado e numa edição que suscita a curiosidade, que semeia a inquietação, que nos faz querer mergulhar de cabeça imediatamente.

Foi com fascínio que ao abrir o envelope do correio me deparei com uma caixa/capa de álbum invulgar. O primeiro passo foi resolver o mistério do puzzle, que para os mais perdidos poderão encontrar inspiração na capa que contém as letras das músicas. Dois puzzles para uma descrição completa deste álbum que é algo de maravilhoso.

Almost Visible Orchestra é mais do que simples música. É toda uma produção de arte visual, auditiva e sensitiva. A parte visual já a fiz notar, as partes auditiva e sensitiva, essas, estão completa, profunda e intrinsecamente ligadas. É uma viagem pela alma, pelas memórias, pelo nosso íntimo. Desassossega-nos, mexe connosco, arrepia-nos e surpreende-nos com a intensidade da conjugação entre as melodias e as letras.

São 10 músicas de plena transcendência dos nossos eus, de passeios pela infância, pela adolescência, pelo que somos, fazemos e sentimos. O mais admirável, que imprime um respeito incontornável, é o facto de todas as músicas e letras serem produzidas pelo Noiserv. Um artista desta dimensão tem de ser reconhecido, aplaudido, reverenciado. Gostava de vos conseguir dizer qual é a minha preferida, mas receio não conseguir, quando ouço uma, sinto-me imediatamente compelida a ouvir todas.

Faço apenas uma referência especial à colaboração com outros músicos na faixa #9 – I was trying to sleep when everyone woke up – sendo eles a Rita RedShoes, Luisa Sobral, Espero, Afonso Cabral & Salvador Menezes (da banda You Can’t Win, Charlie Brown), Francisca Cortesão (Minta) e Luis Nunes (Walter Benjamim). Ficou muito, muito boa e é deixando-vos o vídeo desta música que termino o meu devaneio sobre este álbum (que claro, estou a ouvir neste momento). Para mim, a classificação de 5 estrelas ou Excelente não é suficiente, gostava de conseguir inventar uma nova palavra que transcendesse esse conceito e conseguisse transmitir tudo o que aqui descrevi. Infinito, é o tamanho que o meu estado de alma toma depois de ouvir esta meia hora de música.

Podem encontrar o Noiserv nestes endereços:

www.noiserv.net

www.facebook.com/noiserv

www.myspace.com/noiserv

www.youtube.com/noiserv

noiserv.bandcamp.com

A sua entrevista aqui no blog Morrighan pode ser lida em: http://www.branmorrighan.com/2013/10/entrevista-noiserv-musico-portugues.html

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Unknown
Unknown
7 anos atrás

Este rapaz tem mesmo uma visão genial em relação à música e espero que alcance o sucesso além fronteiras 😀
Bj

Morrighan
Morrighan
7 anos atrás

Concordo plenamente, Marta 🙂

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide