Vodafone Paredes de Coura – Kurt Vile and The Violators, Seasick Steve e Yuck confirmados

O Vodafone Paredes de Coura reforça o cartaz da edição de 2014 com três novas confirmações: Kurt Vile and The Violators no dia 23 de Agosto, Seasick Steve no dia 22 de Agosto e Yuck no dia 21 de Agosto.

Kurt Vile chega ao Vodafone Paredes de Coura acompanhado da sua banda The Violators, que junta ao registo bluegrass lo-fi de Vile uma boa dose de psicadelismo indie, incorporando na tradição folk norte-americana a reverberação das guitarras de artistas como Springsteen ou Dinosaur Jr. Compositor desde a mais tenra idade, Kurt Vile começou a colaborar com o cantor e guitarrista Adam Granduciel em 2003 e juntos criaram os aclamados The War On Drugs. Em 2008, Vile começa a dividir o tempo entre a banda e a sua carreira a solo lançando álbuns em simultâneo. Devido ao crescente sucesso de The War On Drugs, Kurt Vile, dedicado pai de família, pouco interessado em longas digressões e sobre-exposição mediática, decide abandonar a banda e dedicar-se à sua carreira a solo.

Cantautor country/blues, Seasick Steve (aka Steve Wold) começou a compor muito mais tarde do que outros músicos, após anos de deambulações pelo mundo. Com um percurso notável, que inclui a colaboração com Modest Mouse e John Lee Hooker, Wold é também conhecido pelos seus instrumentos de cordas incomuns. Foi já perto da celebração do seu sexagésimo aniversário que decide, finalmente, lançar o primeiro álbum a solo, em finais de 2006. Com uma abordagem punk-blues lo-fi, Seasick Steve apresenta no Vodafone Paredes de Coura o álbum “Hubcap Music” lançado em 2013, que contou com participações especiais de Jack White e do baixista do Led Zeppelin, John Paul Jones.

O indie-pop dos Yuck, de Daniel Blumberg e Max Bloom, que partilham os créditos das vozes e guitarras (e contam com o baixista japonês Mariko Doi, o baterista Jonny Rogoff e as backing vocals da irmã de Daniel, Ilana), movimenta-se num universo de referências muito recomendáveis como os Sonic Youth, The Cure, My Bloody Valentine ou Jesus And Mary Chain. Os Yuck já andaram em digressão com os Teenage Fanclub, Dum Dum Girls e Modest Mouse e viram o tema “Rubber” ser remisturado pelos Mogwai. O álbum homónimo de estreia foi editado em 2011. O segundo álbum, “Glow & Behold”, mote da digressão que traz os Yuck ao Vodafone Paredes de Coura, foi editado em Outubro de 2013, já sem Blumberg, que deixou a banda para se dedicar à sua carreira a solo.

O festival Vodafone Paredes de Coura decorre na praia fluvial do Taboão, nos dias 20, 21, 22 e 23 de Agosto. Os passes gerais podem ser adquiridos em BilheteiraOnline, Seetickets, Ticketscript e locais habituais (FNAC, CTT, Worten, El Corte Inglés), pelo valor de 80€.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!