[Divulgação c/ Opinião] Um Corpo Estranho, projecto de João Mota e Pedro Franco

Um Corpo Estranho é um projecto de João Mota e Pedro Franco que depois de um EP homónimo, lançado em 2012, viu o seu primeiro LP a ser lançado em Fevereiro de 2014 – De Não Ter Tempo. Para além de tudo o que está escrito na figura, não posso não acrescentar algumas palavras. 

Confesso que não conhecia o duo, temos realmente muita gente talentosa a fazer música em Portugal e irá sempre escapar-me alguém, mas ainda bem que agora já sei da sua existência pois fiquei bastante contente com o disco. Existe uma frescura n’Um Corpo Estranho que é muito bem vinda, um ritmo e perspicácia que nos entra pelos ouvidos para nos fazer mexer o corpo e agitar a mente. 

Depois de ouvir o disco fui procurar mais sobre o projecto. Descobri então, no seu site – http://umcorpoestranho.com -, que já se conhecem desde os 15 anos, o que talvez justifique a harmonia e cumplicidade que se nota em cada um dos temas. Não faltam referências aos blues e ao oeste, mas é inevitável não fazer a transformação dessas referências para um Portugal imaginário e transformado, em que a lírica é livre, o som independente e o ambiente com o seu tom noir confere a esta concepção uma sensualidade cautelosa. Imagino Fernando Pessoa, ou até mesmo Poe, com toda a sua simbologia, como personagens deste mundo. 

Para mim, este projecto acaba por se revelar completo na sua existência – boas letras, boa sonoridade e uma imagética e artwork que funcionam em harmonia. Fica a curiosidade de os ver ao vivo e votos para que o próximo trabalho seja tão bom ou melhor do que este. Potencial não lhes falta. 

Facebook Um Corpo Estranho:

https://www.facebook.com/umcorpoestranho

Ouvir o disco:

https://play.spotify.com/album/45hccdtpGxVe7B5xEFWfZy

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!