Em Outubro, pela Bertrand: Os Pecados do Pai, de Jeffrey Archer

Os Pecados do Pai

Jeffrey Archer

Género: Romance

Formato: 15 x 23,5 cm

N.º de páginas: 368

Data de lançamento: 2 de outubro

PVP: 17,70€

Segundo volume da série As Crónicas de Clifton, do escritor de sucesso que conta com 250 milhões de livros vendidos em 97 países.

LIVRO

A Grã-Bretanha está na iminência de declarar guerra à Alemanha. Harry Clifton, na esperança de fugir às consequências de um escândalo familiar, e percebendo que nunca poderá casar com Emma Barrington, alista-se na Marinha Mercante. Quando um U-Boot alemão lhe afunda o navio, Harry e um punhado de marinheiros, entre eles um americano chamado Tom Bradshaw, são salvos pelo SS Kansas Star. Nessa noite, quando Bradshaw morre, Harry aproveita a oportunidade para enterrar o seu passado e assume a identidade do morto.

Nova Iorque, 1939. Tom Bradshaw é preso por homicídio qualificado. É acusado de matar o irmão. Quando Sefton Jelks, um advogado de primeira linha de Manhattan, lhe oferece os seus serviços a troco de nada, Tom, que não tem dinheiro, não tem grande alternativa a não ser aceitar a sua garantia de uma sentença mais ligeira. Depois de julgado e condenado, Jelks desaparece e a única maneira que Tom tem de provar a sua inocência é revelando a sua verdadeira identidade, algo que ele jurou nunca fazer de forma a proteger a mulher que ama.

Entretanto, a jovem em questão viaja até Nova Iorque, deixando para trás, em Inglaterra, o filho de ambos. Recusa-se a acreditar que o homem com quem ia casar tenha morrido no mar e está decidida a fazer o que for preciso para o encontrar. A única prova que tem é uma carta, que ficou por abrir numa consola de lareira em Bristol durante mais de um ano.

AUTOR

Tem mais de 250 milhões de exemplares vendidos em 97 países e 37 idiomas. Autor de 16 romances, seis coleções de contos, três peças de teatro, três volumes do seu diário da prisão e um evangelho. É o único autor que foi número 1 em ficção (15 vezes), contos (quatro vezes) e não ficção (Os Diários da Prisão). Archer é casado com Dame Mary Archer DBE, têm dois filhos e vivem em Londres e Cambridge.

http://www.jeffreyarcher.co.uk/site/

IMPRENSA

«Um dos maiores contadores de histórias do mundo.»

Los Angeles Times

«Não há melhor contador de histórias vivo.»

Larry King

«Um contador de histórias da estirpe de Alexandre Dumas… um talento inultrapassável.»

The Washington Post

«Archer é um mestre da ficção.»

Time

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!