[DESTAQUE] Guitarras ao Alto 2017 – 3ª edição em Junho com Peixe e Frankie Chavez

Guitarras ao Alto 2017

3ª edição em Junho com Peixe e Frankie Chavez

O Guitarras ao Alto chega à terceira edição em 2017, com a mesma ambição de trazer ao Alentejo os melhores guitarristas portugueses para tocar música inédita num espectáculo original. Com o vinho, a gastronomia, a paisagem e o património alentejano em pano e fundo.

O Peixe (http://peixemusica.com) fez parte dos “míticos” Ornatos Violeta, e tem-se afirmado nos últimos anos como compositor, estudioso e guitarrista em nome próprio, já com dois álbuns a solo: Apneia e Motor. O Frankie Chavez (www.frankiechavez.com) é um homem do folk, do rock e dos blues, e dá à sua guitarra um mundo cada vez mais vasto. Com dois álbuns na mala (Family Tree e Heart & Spine), tem outro a sair do forno muito brevemente.

Juntos, a quatro mãos e a duas guitarras, o Peixe e o Frankie Chavez vão subir ao palco no Claustro do Convento de S. Bento de Avis (15 de Junho), no claustro do Convento das Maltezas/Centro Ciência Viva em Estremoz (16 de Junho), e na antiga estação de comboio da Beirã-Marvão, onde fica a guest house Train Spot (17 de Junho), e que já no ano passado recebeu o Guitarras ao Alto. 

Três noites de Primavera ao ar livre que prometem ser memoráveis. 

Pela música. 

Pela envolvência cénica. 

Pelo cartaz sempre espectacular, que este ano é da responsabilidade do ilustrador Pedro Lourenço (https://pedrolourenco.tumblr.com/) e da designer Maria João Lima. (https://www.pinterest.pt/mariajoaolima)

Pelo vinho que marca sempre presença; este ano, tal como em 2017, com a cortesia do Virgo/Torre do Frade do Diogo Albino (www.virgo.pt), já uma referência incontornável do vinho alto alentejano. 

Pelo apoio da Antena 3, que vai dar ainda mais antena ao projecto.

Pelas parcerias que estamos a estabelecer para tornar o evento ainda mais único e integrado com o Alentejo, e que iremos anunciar brevemente. 

Pelo Alentejo que o Guitarras ao Alto convida a visitar.

Nas duas edições anteriores do evento, sempre no Alentejo, o Guitarras ao Alto contou com o Tó Trips e o Filho da Mãe em 2014, e com o Norberto Lobo e o Luís Martins em 2016. Para além disso, temos promovido actividades paralelas nos últimos dois anos, como a gravação do 3º disco a solo do guitarrista Grutera na Herdade do Esporão, e os concertos dos guitarristas americanos Glenn Jones (Portalegre) e Steve Gunn (Évora).

Toda a informação sobre o Guitarras ao Alto pode ser encontrada em www.guitarrasaoalto.pt, incluindo a possibilidade de reservar bilhetes, que valem 5€. No facebook, estamos com página oficial e com um evento.

https://www.facebook.com/guitarrasaoalto/

https://www.facebook.com/events/1957231577846160/

Os palcos dos concertos

15 de Junho – Avis, Claustro do Convento de S. Bento de Avis

É o orgulho patrimonial da vila de Avis, data do Séc. XIII, esteve na origem da dinastia de Avis e foi sede de uma das ordens militares mais poderosas do País. Hoje em dia, devido às alterações que se denotaram desde o século XVII, mas também ao abandono, venda e desmembramento de diversas partes do conjunto conventual, são apenas visíveis a Igreja, o claustro, a Cisterna, a Sala do Capítulo e o Refeitório. Mas continua a ser muito digno de visita, incluindo o Centro Interpretativo da Ordem de Avis e o Museu do Campo Alentejano.

16 de Junho – Estremoz, claustro do Convento das Maltezas/Centro Ciência Viva

Classificado como Monumento Nacional em 1924, em pleno centro de Estremoz, começou por ser o Convento de São João da Penitência, mandado construir por D. Manuel I, ou pelo seu filho, o Infante D. Luis. Foi o único local de retiro dos Cavaleiros de Rodes em Portugal, integrados mais tarde na Ordem de Malta, e serviu de sede de clausura de freiras dessa Ordem a partir do século XVI. Actualmente, o espaço alberga o Centro Ciência Viva de Estremoz, da Universidade de Évora, e é um dos edifícios mais emblemáticos da cidade.

www.ccvestremoz.uevora.pt

17 de Junho — Beirã-Marvão, Train Spot

Prémios Turismo do Alentejo 2014 (Melhor Turismo Rural)

Alojada na histórica estação ferroviária de Marvão/Beirã, criada no séc.XIX e classificada como Património Arquitectónico, na Train Spot Guesthouse todos os viajantes de coração jovem vivem a experiência de sonhar e acordar numa estação da era industrial, com a envolvência do Parque Natural da Serra de S. Mamede, em contacto direto com a cultura raiana, a um passo da fronteira entre Portugal e Espanha.

www.trainspot.pt

O ideólogo do projecto

Vasco Durão é profissional do mundo da comunicação há 20 anos, de redactor a estratega de comunicação. Em 2013 mudou-se para o Alentejo (Estremoz) com a família. Melómano incurável, um dia imaginou que podia montar um espectáculo de música exclusivo e original no Alentejo. E assim nasceu o Guitarras ao Alto.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide