[Diário de Bordo] De Volta! E com tanto para contar!

Aconteceu tudo assim muito em cima do joelho, mas aconteceu! E houve espaço para tudo! Tendo planos para passar o fim-de-semana prolongado no Porto, com alojamento entre amigos, a coisa acabou por se dar em modo freestyle, mas com muita sorte e gente boa pelo meio. No Sábado, antes de entrarmos no comboio, ficámos a saber que o nosso alojamento tinha tido um imprevisto e ficado indisponível, e quando começámos a procurar por alternativas na internet… foi para esquecer! O Porto está completamente cheio e meio caótico, no que ao turismo diz respeito, e demos por nós sem fazer a mínima ideia de onde é que íamos passar a noite. Felizmente, existem pessoas de uma generosidade e de um coração gigantes e graças ao Filipe e à Inês, acabámos a ter uma sorte do caraças! Obrigada, obrigada, obrigada! :)) 

Depois disto o dia só melhorou. Fomos ao Maus Hábitos piscar o olho aos Mirror People enquanto faziam som, preparando um dos concertos mais giros que vi este ano. Mas sobre isso falarei mais tarde porque, na verdade, só estou a fazer este post para vos dizer que ainda estou viva, o blogue ainda está vivo, e brevemente vão aparecer vários artigos sobre as diversas experiências! Se no Sábado houve bastante dança com os Mirror People, no Domingo houve metal progressivo, com mais de um quarto de século, com os Dream Theater a darem um concerto de quase três horas, comemorando os 25 anos do disco Images, Words & Beyond. Ontem, foi dia de nos armarmos em turistas pelo Porto e de regressar a Lisboa ao final do dia. Claro que hoje já se trabalha a todo o gás por aqui, por isso é provável que os artigos saiam aos poucos, já que vou tentar escrever nos intervalos em que tenho coisas a correr nos servidores e pouco ou nada posso fazer senão esperar. 

Fiquem atentos! 🙂

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!