[Diário de Bordo] O Dia dos 30 e os Suspeitos do Costume

Fotografia Nuno Capela 

O dia dos 30 começou como outro qualquer. Acordar e levar o Bran à rua. Ahahah! Na verdade, escrevo esta entrada só para guardar como recordação algumas horas que foram passadas de forma diferente. À tarde, o Nuno Capela foi-me buscar ao trabalho e arrancámos. Nunca tinha ido ao panorâmico de Monsanto, pelo menos que me recorde, e acabámos lá a tirar algumas fotografias enquanto ele me mostrava os cantos à casa e contava como era o espaço quando ainda havia imensos vidros pelo chão e estava tudo ao abandono. Seguimos para o Jardim da Estrela para um pequeno lanche e dali resultou a brincadeira da última fotografia deste post. 

Foi um dia mesmo bem passado. Almocei com a malta do trabalho, ainda trabalhei um pedaço, fui então passear com o Capela, andámos pelo início dos Santos ao final da tarde e acabei a jantar com um grupo core de amigos/família que me são super importantes. Ainda passámos num concerto de Then They Flew, bebemos um copo e lá cheguei exausta e feliz a casa. 

Como disse no artigo “O Dia Antes dos 30” entrar nesta nova década podia provocar uma espécie de barreira psicológica, mas na verdade sinto um pouco o oposto. Chegar aos 30 com a bagagem que chego é dose, mas por outro lado sinto que há tantas possibilidades em aberto que talvez agora sim comece a gozar um pouco melhor a vida. Há um certo sentimento de confiança e segurança que só realmente com o tempo e com a vida é que se vai sentindo e, apesar de estar longe de saber o que me reserva, a perspectiva de que tudo é possível agrada-me. 

Resumindo e concluindo, para quem ainda não tem os 30 e tem algum receio de lá chegar, não tenham. É, na verdade, libertador. Um grande obrigada a todos os que fizeram parte deste dia. Não vou nomear, mas foram mesmo muitos e especiais. Sou uma sortuda. Obrigada também aos meus leitores por estarem desse lado, alguns há quase dez anos! Tenham um excelente fim-de-semana!

Fotografias Nuno Capela

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide