Descobrindo Nico Casal com It’s Fine, But it Hurts

Nico Casal, compositor e pianista espanhol, acabou de lançar o seu primeiro disco Alone. O seu trabalho chegou até mim através da obra de arte “It’s Fine, But it Hurts”. Nas palavras do compositor, este tema reflecte como se sentia no dia em que começou a escrever o disco: “It’s Fine But It Hurts” represents that feeling I had of realising everything will be ok eventually. It was one of the strong conflicting emotions I had that Sunday when writing the album. I was aware I was going through a difficult phase for several reasons, including a break up, but at the same time I knew it wasn’t the end of the world, I knew it will be ok.

Se procurarem um pouco por ele, conseguem encontrar pelo menos uma cover sua, no piano, da belíssima música de Sufjan Stevens – “Should have known better” – que nos deixa logo de arrepio na espinha. O seu trabalho original traz-nos uma componente pessoal e emocional que é impossível deixar-nos indiferente. Neste tema em específico, o tema reflecte na perfeição o sentimento que fica em nós quando o ouvimos. O piano consegue transmitir-nos o conflito interior, ao mesmo tempo que as cordas nos consolam. Os ressoares orgânicos e as notas mais leves são como cortinas a abrirem e a deixarem o sol passar. Sem dúvida um artista que gostava muito de ver ao vivo e que tenho a certeza que encheria qualquer auditório em Portugal. Podem segui-lo aqui: https://www.facebook.com/nicocasalmusic/

Música inserida na playlist do Spotify Fresh Findings.

PS: Não costumo partilhar logo dois temas de cada vez, mas deixo-vos também com o vídeo oficial de “Ready to Talk”, lançado ontem ao mesmo tempo do álbum Alone que é outra masterpiece de Nico Casal e que nos toca profundamente. Deixem-se levar e desfrutem, mas preparem-se, o coração estreme em cada uma das suas músicas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!