Descobrindo Pablo Zuazo, Pianista e Compositor

Caravan é um standard de jazz composto por Juan Tizol e Duke Ellington em 1936, agora interpretado por Pablo Zuazo. Pablo Zuazo é um pianista/compositor/cantor oriundo do nosso país irmão, Brasil, cujo trabalho vai zigzagueando entre bossa nova, MPB, jazz, samba, hip hop e electrónica.​ Em relação ao que motivou esta interpretação, o músico afirma:

Me inspirei no livro O Alquimista do Paulo Coelho. É um livro que mudou minha vida. O personagem do livro embarca numa Caravana do deserto. E retrata todos os mistérios do deserto e as aventuras que uma caravana do deserto passa até chegar ao seu destino. Daí inspirado nas passagens do livro, e na forma como os ciganos do deserto (tuaregues) vivem, fiz esse arranjo de Caravan. Eu toco e sinto como se fosse a caravana seguindo no deserto, por isso o arranjo que fiz tem vários moods, várias texturas, mudanças de andamento… Tudo remetendo a uma caravana seguindo e se deparando com o inesperado. Pois o cigano do deserto sabe que atravessar o deserto é um mistério inexplicável, sem previsões de chegada ou do que vai encontrar. A minha versão retrata essa jornada. Viva Paulo Coelho, viva os Tuaregues e viva as Caravanas do deserto!!!

Ao observarmos a performance de Pablo Zuazo é impossível ficarmos indiferentes à sua intensidade emotiva e galopante. Rapidamente entramos nesta viagem com ele, criando as mais diversas paisagens e mergulhando nas mais diversas circunstâncias que possam assaltar a nossa memória afectiva. A verdade é que a música tem o poder de se recriar em cada ouvinte e, para mim, esta interpretação de Caravan evocou tanto momentos mais reflexivos e imaginativos, como momentos de maior urgência, perigo e especulação. A sua destreza ao piano permite-lhe isto, que a natureza orgânica do instrumento tome proporções extasiantes. 

Podem seguir Pablo Zuazo aqui: https://www.facebook.com/pablozuazomusic

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide