Opinião: “Tim” de Colleen McCullough

Tim
Colleen McCullough

Sinopse: Mary Horton, solteirona na casa dos quarenta, rica, solitária, simples, acredita que não precisa de amor nem de amizade, satisfazendo-se com a sua confortável casa, o seu jardim, o seu Bentley e a casa de praia que comprou com o fruto do seu trabalho e dos investimentos realizados, com os livros que lê e a música que ouve sozinha.
Tim Melville, vinte e cinco anos, operário, é filho de Ron e Esme Melville que o receberam como uma dádiva para o seu tardio casamento. Tim tem a beleza e a graça de um deus grego, mas é um simples de espírito, uma criança grande.
No entanto, Ron e Esme, modestos operários australianos, pessoas sensatas e sem ambições, gostam dele pelo que é e preparam-no para trabalhar segundo as suas possibilidades. Tim é um trabalhador insignificante de uma empresa de construção civil, infatigável e esforçado. Dias de trabalho pesado e fins-de-semana passados com o pai num pub e noites tranquilas junto da família, a ver televisão, representavam para Tim toda a sua perspectiva de vida.
Quando Mary encontra Tim e o contrata como jardineiro durante os fins-de-semana, uma ligação muito forte vai nascer entre eles. Mary sente por Tim o mesmo tipo de amor que sentiria pelo filho que nunca teve; Tim, em contrapartida ensina-lhe a ver o mundo de uma maneira mais simples e optimista, trazendo à sua vida solitária o calor e o afecto que lhe faltavam.
Tim, o primeiro romance de Colleen McCullough, tem já de Pássaros Feridos e Uma Obsessão Indecente que se lhe seguiram, a sensibilidade e a segurança das personagens e a mestria inconfundível de uma história bem contada.

Opinião: AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIII este livro. A sério, não tenho grandes palavras ou comentários a fazer. Nunca tinha lido um livro deste género e nunca tinha lido nada desta autora, mas garanto, adorei e quero muito ler outros dela.
Tim, fala sobre um atrasado mental que é o ser mais bonito e perfeito fisicamente à face da Terra. Paralelamente temos a história de Mary Horton uma quarentona rica e feia que nunca se deu ao trabalho de socializar com outras pessoas e que nunca teve um namorado, tendo sido a sua vida inteira dedicada ao trabalho. Até que vê Tim pela primeira vez no terraço da vizinha.
O mundo dela transforma-se completamente. E ao contrário de todas as outras mulheres, que quando falavam com Tim e este abria a boca elas iam logo embora, os sentimentos dela não mudaram. Pelo contrário. Sem saber bem o que sentia, aproximou-se de Tim, deu-lhe trabalho e ainda o foi ensinando a ler e a escrever, coisa que este nunca tinha feito. Tim foi aprendendo e afeiçoando-se cada vez mais a esta solteirona quarentona e que ninguém conseguia perceber porquê. Nem mesmo ela percebe porque é que ele gosta tanto dela. Enfim, não vou contar mais.
A história é fantásticamente sensível, bonita, de um grandeza fora do comum. Sem dúvida que dentro do seu género deve ser dos melhores.
Uma história mesmo muito bonita, que nos cativa desde início e que nos proporciona uma leitura cheia de prazer e emoção a cada página.
Recomendo vivamente a quem o comprou pela Colecção Sábado, que o leiaaaaaa!
Quem não o tem, continuo a recomendar que o arranje para ler, ou mesmo que o compre porque merece. Sem dúvida alguma.

Nota:10/10

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
AMB
AMB
11 anos atrás

oi tens um livro lá no meu blog
Jokas AMB

AMB
AMB
11 anos atrás

sorry, estava a ler e a escrever ao mesmo tempo e a pensar outra coisa. É um selo, nao um livro. Tens um selo lá no meu canto. O Books and Books

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide