Opinião: ‘Prazer da Noite’ de Sherrilyn Kenyon

Prazer da Noite (Predadores da Noite #2)

Sherrilyn Kenyon

Chancela: Chá das Cinco / 2009

ISBN: 9789898032614

Formato: Capa mole

Dimensões: 16 x 23

Núm. páginas: 296

Sinopse:

“Querida leitora,

Alguma vez quis saber como era ser imortal? Viajar pela noite caçando os vampiros que perseguem os humanos? Ter riqueza e força ilimitadas? Essa é a minha vida e é escura e perigosa. Sou herói de milhares, mas ninguém me conhece. E adoro todos os minutos. Pelo menos era o que eu pensava até que, certa noite, acordei algemado ao meu pior pesadelo: uma mulher conservadora, de camisa apertada de cima a baixo. Ou, no caso de Amanda, abotoada até ao queixo. É inteligente, sensual, espirituosa e não

quer ter nada a ver com o paranormal, por outras palavras, comigo.

A minha atracção por Amanda Devereaux vai contra tudo aquilo que represento. Já para não dizer que, da última vez que me apaixonei, isso me custou não só a minha vida humana como a minha alma. Ainda assim, sempre que olho para ela, dou por mim a desejar tentar de novo. A desejar acreditar que o amor e a lealdade existem. Ainda mais perturbador, dou por mim a perguntar se haverá alguma forma de uma mulher como Amanda amar um homem cujas cicatrizes da guerra são profundas, e cujo coração foi ferido por uma traição tão selvagem que não sei se voltará a bater de novo.”

Kyrian da Trácia

Opinião: Já há muito tempo que não gostava assim tanto de uma saga!! Que espectáculo!! Entre ontem e hoje não resisti em devorar o segundo livro da saga Predador da Noite – Prazer da Noite.

Este livro apresenta-nos várias personagens novas, o conceito de Predador da Noite, de daemon, e de tantos outros conceitos fundamentais para a saga.

Aqui temos duas personagens principais: Amanda, irmã de Selena (melhor amiga de Grace do livro Amante de Sonho) que tem poderes paranormais como o resto da irmã mas que desde muito nova se decidiu a bloqueá-los. Levando uma vida aborrecidamente monótona e querendo ser o mais normal e aborrecida possível (ao contrário de toda a sua família), mal podia ela prever o que aconteceria da próxima vez que fosse soltar o cão da sua irmã!! E depois temos Kyrian da Trácia (melhor amigo de Julian na antiga Macedónia), traído pela mulher que amava e torturado pelo seu pior inimigo, Valerius.

Quando alguém é traído de forma tão violenta a Deusa Ártemis dá a hipótese de se “vender” a alma em troca de vingança e tornar-se assim um Perdador da Noite – Uma espécie de vampiro que defende a raça humana dos perigos que a noite traz consigo.

É assim que Kyrian se torna um Predador da Noite.

Quando Kyrian e Amanda se encontram pela primeira há logo um clique fatal que viria a traçar-lhes um destino inseparável.

Escrito de uma forma simples, clara e absolutamente apaixonante, este livro prende-nos a cada linha, a cada palavra.

É neste livro que somos verdadeiramente introduzidos no mundo dos predadores da noite e nos vemos sem vontade de parar de ler. Um mundo fantástico que vai deslumbrar os leitores amantes do paranormal e do fantástico. Cheio de um romance delicioso entre as duas personagens principais é sem dúvida alguma um livro viciante e de querer reler mais tarde.

Só posso ansiar pelos próximos!

Nota: 9.5/10

Opiniões dos restantes livros:

Amante de Sonho (#1)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joana Freitas
Joana Freitas
10 anos atrás

Não li o primeiro livro da saga. Este foi mais ou menos uma coincidência. Comecei a ler o Acheron, da mesma escritora, e fiquei cativada. Foi uma leitura fácil e envolvente, que não me deixava pousar o livro. Ora não é que mesmo quando estava prestes a comprar o Amante de Sonho, vou a casa da minha avó e encontro, pousado na mesa de centro, o Prazer da Noite?
Foi tipo instinto, peguei-lhe e li algumas páginas ao acaso, para ter uma pequena ideia. O que li fascinou-me de tal modo que agarrei no livro e não o pousei até acabar. Numa palavra, adorei.

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide