Império Terra – O Princípio de Paulo Fonseca

Império Terra – O Princípio
Paulo Fonseca

Editora: Papiro Editora
Nº de Páginas: 194

Sinopse: “Caminharam juntos até ao passeio. Laura deixava para trás a sua mota, com pesar. Aquela mota que acompanhara por tantas vezes, e que sentia como parte de si. Fosse como fosse, teria de a deixar para trás quando partissem. Talvez, devesse fazer o mesmo com aquela nova verdade, que a deixara frustrada.
Os seus pais nunca lhe haviam falado de vampiros. Os vampiros faziam parte do imaginário popular, das histórias de terror, do cinema. No fundo era como Gabriel dizia: uma verdade rejeitada pelos eruditos. E os seus pais não eram povo.
Como é que poderia imaginar um mundo maravilhoso com vampiros e lobisomens?!
Se os asquerosos não teriam lugar nesse novo mundo, aqueles também não o teriam. Seria necessário eliminá-los!

De repente a iluminação piscou. Os olhos de ambos fixaram-se no horizonte, até onde alcançavam, e começaram a ver a luzes extinguirem-se, umas atrás das outras, como peças de dominó, como se as trevas fossem tragando a luz num gloop-gloop dantesco; anúncios atrás de anúncios, cartazes electrónicos atrás de cartazes electrónicos, salas de escritórios atrás de salas de escritórios; e os candeeiros nas ruas…

Uma espécie de rastilho correu as ruas de Lisboa apagando tudo o que eram luzes.
Fez-se trevas.
Um piscar trémulo e insistente atraiu a atenção de Gabriel. Um dos candeeiros da Av. 5 de Outubro extinguia-se como uma brasa, para logo se reacender como se assoprado, até que desistiu. Lembrou-o, sarcasticamente, da esperança da humanidade…

As trevas desceram sobre Lisboa.”

Opinião: Adorei!! Aqui há uns dias tinha-vos apresentado o autor Paulo Fonseca, que lançou este seu primeiro livro há dois anos e que até há bem pouco tempo eu não conhecia.
Após ter descoberto o seu blog Império Terra e após um desafio do autor, ele teve a amabilidade de me enviar este primeiro livro sem qualquer custo. E ainda bem que o fez!!! Digo-vos que só fiquei a ganhar.
Império Terra é um livro apocalíptico que retrata uma invasão ao planeta Terra por seres desconhecidos e que vão deixando um rasto de destruição à sua passagem. Na sua presença, as pessoas perdem a noção de onde estão do que fazem e mergulham num medo e terror profundo. Quem serão estas criaturas? É Gabriel, a personagem principal, quem nos tenta responder a esta pergunta quando ele próprio acorda de um coma, uma semana após o início da invasão destas criaturas. Gabriel mal se lembra do que aconteceu para ter ficado em coma e quando acorda e parte à descoberta de uma Lisboa que em nada se parece com aquela de há uma semana atrás. Seres misteriosos e desconhecidos diambulam então por toda a Terra.
Fora Gabriel são-nos apresentadas mais 3 personagens que vêm a desenrolar papéis muito importantes no desenrolar da história.
Laura, uma humana que Gabriel conhece enquanto tenta descobrir quem são as criaturas e que raio se passa!! Laura tem um ideal de mundo perfeito e acredita que a humanidade é boa e que se unirá para combater aqueles seres demoníacos. Será mesmo assim?
Nulen, um ser diferente mas em muito parecido com Gabriel. Um ser evoluído que tenta ajudar Gabriel na sua demanda.
E Romana, uma vampira que se junta à causa dos humanos contra aqueles seres aterradores.
Juntos estas 4 personagens vão formando uma teia viciante de acontecimentos que nos faz querer ler e ler.
Adorei o conceito do livro. Acho que nos dá uma prespectiva muito interessante da evolução dos seres e de um mundo apocalíptico.
No entanto há outros aspectos menos positivos. A narrativa é em geral boa mas às vezes um pouquinho confusa. Houve alturas em que eu não sabia muito bem de quem se estava a falar. Mesmo assim isto foi melhorando e notou-se que mais ao menos a partir de um terço do livro que a sua escrita evoluiu. Evoluiu ao ponto de não querer parar de ler.
Acho que foi um livro que nos introduziu bem à nova realidade.

No geral gostei bastante e fiquei cheia de curiosidade para o 2º livro que foi lançado hoje!!

Deixo aqui o video de apresentação do primeiro livro:

Nota: 7.5/10

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide