Despertar – Crónicas Vampíricas I de L. J. Smith

Despertar – Crónicas Vampíricas I
L. J. Smith

Editora: Planeta Editora
Nº de Páginas: 271

Sinopse: Na Itália renascentista, os irmãos Stefan e Damon Salvatore enfrentam-se pelo amor de uma jovem. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo por Elena Gilbert, uma das suas colegas do liceu, que desconhece a sua verdadeira identidade.

Stefan Salvatore, o novo aluno de Fell’s Church, arrasta com ele um passado misterioso, e também alguém que apenas deseja vingança, o seu irmão Damon: são mais do que irmãos de sangue e o seu ódio ultrapassa as barreiras do tempo… Agora procuram reproduzir um mortífero triângulo amoroso que tem no centro Elena, a jovem mais popular do liceu.

Sobre a autora: Lisa Jane Smith, cujas obras são uma combinação de género de paranormal, ficção científica, fantasia e romance, obteve o reconhecimento público com a série Crónicas Vampíricas, cujo primeiro volume é Despertar. Publicado nos anos de 1990 e convertido numa referência da literatura juvenil, retoma o clássico tema da luta entre Luz e Sombra, dos seus adorados C. S. Lewis e J.R.R. Tolkien.

Segundo palavras da autora, «queria escrever livros como os deles, onde o Bem enfrenta o Mal e vence. Queria ser Frodo, morto de medo em Mordor, consciente de que o Mal que enfrenta é muito maior e mais poderoso do que ele, e ainda assim é capaz de reunir a coragem necessária para tentar e chegar a ser um herói. Queria transmitir aos jovens que não devem renunciar à esperança».

Opinião: Nesta moda dos vampíros, é complicado encontrarmos um livro dentro do género que nos supreenda ou nos traga algo de novo.
Após a euforia do Crepúsculol da Stephanie Meyer, os vampiros foram um pouco descredibilizados: não sofrem com as exposição solar, têm super poderes e são super bonzinhos para além de se poderem apaixonar livremente por humanas! (Atenção, não estou a falar mal da saga, eu devorei completamente a saga! Apenas do ponto de vista da imagem única do vampiro, nada tem a ver com a de Bram Stoker.)
Neste livro conhecemos Elena, a rainha do liceu que tem tudo o que quer e conquista quem quer a seu belo prazer. Até ao dia em que Stefan Salvatore chega ao seu liceu. Quando tenta chamar a atenção do misterioso rapaz, este ignora-a completamente, chegando mesmo a afastá-la, o que afecta profundamente Elena.
Mas há algo mais. Algo que Stefan não deixa ninguém saber ou sequer imaginar.
Até ao dia em que Elena corre perigo de vida e Stefan salva-a criando ainda mais mistério à sua volta. Completamente apaixonados rendem-se às evidências.
Mas coisas estranhas têm acontecido em Fell’s Church. Algo malígno tem assombrado a localidade fazendo despertar o pior. E é aqui que conhecemos Damon.

Neste livro conhecemos dois lados opostos dos vampíros:
Stefan, que tenta alimentar-se apenas de animais e por isso é um vampíro fraco e
Damon, que graças ao alimento humano, tem os seus poderes bastante desenvolvidos sendo um ser bastante superior.
Aqui os vampíros são sensíveis à luz solar, a não ser que sejam portadores de uma pedra especial que faz com que não sejam queimados vivos.

Passando mesmo à minha opinião, adorei. A sério. Não há muitas mais palavras a não ser que a minha vontade é de ir à livraria mais próxima e comprar os outros 3. Andava à espera de ler o primeiro livro para ver a série e sem dúvida que verei.
É uma leitura viciante, excitante e queremos sempre mais. Quase tanto como a necessidade que os vampíros têm de sangue =P
Quero apenas lembrar aos mais distraídos que esta saga foi escrita há quase 20 anos e qualquer semelhança com o Crepúsculo, bem, saberemos quem copiou ou inspirou-se em quem, certo?
Para quem gosta de um bom romance vampírico (e eu sou viciada nestes livros,O Historiador, Drácula, o que for) aconselho vivamente a ler!

Nota: 9/10

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
5 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vitor Frazão
Vitor Frazão
11 anos atrás

Esse é a principal entre esta moda de vampiros e a anterior. Com Anne Rice não se tínhamos visões tão limitadas do que um vampiro pode ser. Coisa que a boa gente da White Wolf entendeu bem.

Mas enfim, na dark fantasy como em todos os géneros existe um tipologia de história que vende mais…

Patrícia Cálão
Patrícia Cálão
11 anos atrás

Ainda bem que gostaste Morrighan 😀 Eu agora também estou na fase em que só quero saber o que vai acontecer a seguir. E já comecei a ver a série…que é muito diferente dos livros, mas viciante. 😉

Pedro Ventura
Pedro Ventura
11 anos atrás

Olá! Vi que estiveste no meu blog – Voz de Celénia – onde deixaste um comentário. Já vi na minha caixa de correio, mas não tinha lá nenhum mail teu.

O meu mail é: noctis2006@sapo.pt

Até breve e obrigado pela visita!

Pedro Ventura

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Olá Pedro,

Vê no spam.. Reenviei agora mesmo o mail =)

Obrigado pela visita!

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Laelany, já tenho a série a sacar!!

Agora falta conseguir comprar os outros livros!

Beijinhos!!!

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide