Novidades Bizâncio – Junho

As Filhas do Assassino

Randy Susan Meyers

Colecção: Montanha Mágica, 53

Págs.: 368

Preço: Euros 14,29 / 15,00

Romance

A infância de Lulu e de Merry nunca fora ideal, mas na véspera da comemoração do 10.º aniversário de Lulu, o pai transforma-lhes a vida num pesadelo. Lulu estava avisada de que não deveria deixar o pai entrar em casa, mas quando este bate à porta, embriagado, não consegue ignorá-lo. O pai entra à força e Lulu percebe, horrorizada, que está a agredir a mãe. Corre a pedir ajuda e, de regresso, descobre que o pai assassinou a mãe, apunhalou Merry, a irmã de 5 anos, e em vão tentou suicidar-se. Durante trinta anos, as irmãs tentam perceber o que lhes aconteceu. O pai encarcerado é um espectro nas suas vidas, uma sombra que pesa em todas as opções que fazem. Uma finge que ele está morto, a outra sente-se compelida — por medo, por obrigação — a manter contacto com ele. Ambas têm pavor do dia em que lhe for concedida a liberdade condicional.

A Sexualidade dos Adolescentes Contada por eles Próprios

Didier Dumas

Colecção: Pais & Filhos

Preço: Euros 11,90 / 12,50

Págs.: 224

Psicologia

«Um livro imprescindível para pais, educadores e adolescentes, obviamente!»

Marie Claire

Finalmente, um livro que fazia falta aos educadores e aos adolescentes. Em matéria de sexualidade, apesar de tudo ter mudado, nada se alterou na educação dos jovens. Embora a nossa sociedade se considere livre e a sexualidade já não seja considerada tabu, os pais de hoje silenciam tanto o assunto como os pais de antigamente. A explosão das técnicas da imagem, porém, faz com que os jovens se confrontem cedo demais com a pornografia. Este paradoxo entre o exibicionismo vulgar, por um lado, e o silêncio parental, por outro, surge como a causa mais importante da angústia dos adolescentes.

Didier Dumas dá-lhes a palavra, e os jovens, dos 14 aos 22 anos, confiam-lhe as suas experiências, problemas e medos, exprimindo-se com todo o à-vontade, sem tabus, sobre este assunto delicado e íntimo. Para que os nossos adolescentes e os das gerações vindouras possam ter uma vida sexual mais equilibrada, é urgente ensiná-los a falar de sexualidade. Porém, ao contrário do que se pensa, tal não se resume a explicar a reprodução e os diferentes riscos que correm. Pressupõe que se possa falar de amor e de desejo, desde a mais tenra idade. Um livro essencial que alternadamente dá a palavra aos jovens e ao adulto, psicanalista.

Cães de Gado

Paulo Caetano (textos) / Sílvia Ribeiro (textos) / Joaquim Pedro Ferreira (fotos)

Págs.: 160

Preço:25,71 / 27,00

Álbum

Do lobo ao cão. E do cão ao cão de gado.

Foi longa e tortuosa a evolução. Difícil. Mas as características que, actualmente, estão fixadas nas raças nacionais de cães de gado constituem um património genético invejável. Que não se pode perder. Contribuir para a preservação dos cães de gado e para divulgar a exigente tarefa que constitui o árduo quotidiano destes cães é o desafio deste livro. Esta obra vive da imagem e dos testemunhos de pastores e investigadores – plena de cor, acção e dramatismo. Para o leitor constituirá o regresso a um universo que julga perdido: o mundo rural, com os cães em acção guardando rebanhos e manadas, defendendo-os dos lobos e realizando combates de vida ou morte. Os cenários são naturais: as grandes serranias a norte do Douro, os cumes de Castro Laboreiro, os alcantis da Peneda, as encostas do Alvão. Aí, nesses ambientes selvagens, veremos como se entrecruzam destinos: ovelhas e vacas das ameaçadas raças autóctones, velhos pastores armados com cães e cajados. E como sobrevivem os velhos costumes e saberes – ante o desaparecimento de tradições como a transumância.

As Boas Maneiras ainda São Importantes?

Subtítulo: Em defesa do comportamento civilizado num mundo bárbaro

Lucinda Holdforth

Colecção: Pequenos Livros

Págs.: 192

Preço: Euros 10,48 / 11,00

Auto-ajuda

«Um livro mágico que nos devolverá a paixão e o cuidado no relacionamento com os nossos pares.»

The Examiner

Já se sabe como é: seja o comodista que nos transportes públicos não se levanta para dar lugar a uma senhora grávida, seja o espertinho que fura a fila na bilheteira do cinema, não há nada como a má-criação para nos estragar o dia. Mas porque damos tanta importância a estes gestos? Afinal, boas maneiras ainda são importantes? Claro, são essenciais à civilização, diz-nos Lucinda Holdforth neste ensaio apaixonado. As boas maneiras não passam apenas por saber usar a faca e o garfo à mesa. A cortesia protege os nossos direitos e as nossas liberdades, consolida a sociedade civil e embeleza a humanidade. A privacidade pode coexistir com a boa vizinhança, a liberdade intelectual floresce com regras sociais amplamente aceites e a civilidade salva-nos dos excessos legislativos. Este pequeno livro, tão importante quanto divertido, é actual, inteligente, encantador e repleto de histórias divertidas que nos farão reflectir.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!