Opinião: “A Estranha Vida de Nobody Owens” de Neil Gaiman

A Estranha Vida de Nobody Owens
Neil Gaiman

Editora: Presença
Colecção: Estrela do Mar
Nº de Páginas: 304

Sinopse: Nobody Owens podia ser um rapaz absolutamente normal, tirando o facto de viver num cemitério e de ter sido criado por fantasmas e almas penadas sempre guardado por Silas, o guarda solitário que não está nem morto nem vivo. No cemitério vai viver aventuras e situações de perigo, mas a verdadeira aventura começa quando decide abandonar o lugar para defuntos… Suspense, humor e magia num livro destinado a tornar-se uma obra de culto da ficção juvenil.

Opinião: A Estranha Vida de Nobody Owens foi a minha estreia com o autor Neil Gaiman. Nunca tinha lido nada dele e fiquei surpreendidíssima. A Presença é conhecida pela qualidade das suas colecções, mas principalmente por três: Grandes Narrativas (romances para adultos), Via Láctea (fantasia para jovens/adultos) e Estrela do Mar (livros para o público juvenil). Pois bem, mesmo fazendo parte da colecção Estrela do Mar, Neil Gaiman conseguiu contar uma estória juvenil para adultos. O leitor, seja de que idade for, nunca se vai sentir deslocado. E este é um ponto muito forte na escrita de Gaiman.

Este livro foi uma autêntica surpresa. É incrível como logo a primeira página nos prende. O suspense é criado, o mistério adensa-se e é impossível não querer continuar a ler. Antes de cada capítulo há uma ilustração com uma citação relacionada com o mesmo, criando assim um sentimento de ansiedade. Tem que se dar mérito ao ilustrador, pois é bastante fácil identificarmos as personagens com aquelas ilustrações.

Nobody Owens, ou Bod, é uma personagem super querida que nos conquista desde pequenino. É com grande carinho que vamos acompanhando o seu crescimento e as suas aventuras. Silas, o seu tutor, é outra personagem que nos encanta com toda a sua contribuição para o crescimento de Bod, mesmo sem este dar conta.

Outro aspecto fascinante neste livro é a forma como a morte é encarada. Naquele cemitério, estar morto não é sinónimo de tristeza. Cada um continua a sua “vida” depois de morto e todos eles querem proteger Nobody Owens. E até o facto de a morte ser representada através da Dama de Cinzento no seu cavalo, que transporta as pessoas na sua hora, acaba por ser uma visão bastante romântica da mesma.

Resumindo, Neil Gaiman criou aqui um mundo fantástico e quem pensar que é uma história para crianças, está enganado. A sua escrita é simples, bastante própria e não me admirava nada de ver este livro adaptado no cinema pelas mãos de Tim Burton. Confesso que as ilustrações que o livro contém, fizeram-me lembrar imensas vezes os seus filmes.
Recomendo este livro sem restrições a qualquer pessoa de qualquer idade.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
8 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guerreiro
Guerreiro
11 anos atrás

Estou muito curioso com este livro e fiquei ainda mais com a tua excelente opinião, pois também nunca li nada deste autor, embora já tivesse ouvido falar dele quando se estreou cá um filme baseado de um dos seus livros que teve muito sucesso, não me recordo o título. :-/

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Eu gostei bastante! Fiquei super surpreendida! Quero ver se leio mais dele quando puder 🙂

Guerreiro
Guerreiro
11 anos atrás

Já me lembro do título!! É "Coraline e a Porta secreta" – http://www.wook.pt/ficha/coraline-e-a-porta-secreta/a/id/47159
E eis o trailler oficial do filme que passou pelos cinemas portugueses: http://www.youtube.com/watch?v=LO3n67BQvh0
🙂

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Nunca vi o filme nem li o livro. O filme não tenho grande curiosidade de ver, mas quanto ao livro já tenho!

Vitor Frazão
Vitor Frazão
11 anos atrás

De Neil Gaiman pessoalmente aconselho "Bons Agoiros" e "Neverwhere".

"Deuses Americanos" ainda não li, mas também deve ser muito bom.

Vc
Vc
10 anos atrás

Acho o filme " Coraline e a Porta Secreta" espectacular! É incrível como há pessoas que podem encarar assuntos desta profundidade tão bem! Adorava ler este livro. Deve estar repleto de terror xD

IsaAfonso
IsaAfonso
6 anos atrás

Eu estou a ler este livro agora, tenho imensos livros da colecção Estrela do Mar de quando era mais nova, e já não compro muitos mas este realmente deu-me a ideia que o público-alvo pode ser de qualquer idade! E até agora, estou a gostar bastante, as personagens são realmente cativantes…
E apesar de já quase não comprar, alguns dos meus preferidos ainda são desta colecção, afinal de contas, foram os que marcaram a mais a minha infância e que me fizeram evoluir para outros géneros… 🙂

Morrighan
Morrighan
6 anos atrás

Este livro é completamente amoroso 🙂

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide