Opinião: “A Iniciação” (Laços de Sangue #1) de Jennifer Armintrout

A Iniciação (Laços de Sangue #1)

Jennifer Armintrout

Editora: Gailivro

Colecção: 1001 Mundos

Nº de Páginas: 336

Sinopse: Eu não sou cobarde. Quero deixar isso bem claro. Mas, depois de a minha vida se transformar num filme de terror, passei a levar o medo muito mais a sério. Tinha-me tornado na Dra. Carrie Ames apenas há oito meses, quando fui atacada na morgue do hospital por um vampiro. Haja sorte.Por isso agora sou uma vampira e descobri que tenho um laço de sangue com o monstro que me criou. Este funciona como uma trela invisível, pelo que estou ligada a ele, independentemente daquilo que faça. E, claro, ele tinha de ser um dos vampiros mais malévolos à face da Terra. Com o meu Amo decidido a transformar-me numa assassina sem escrúpulos e o seu maior inimigo empenhado em exterminar-me, as coisas não podiam ser piores – só que me sinto atraída pelos dois. Beber sangue, viver como um demónio imortal e ser um peão entre duas facções de vampiros não é exactamente o que tinha imaginado para o meu futuro. Mas, como o meu pai costumava dizer, a única forma de vencer o medo é enfrentá-lo. E é isso que irei fazer. Com as garras de fora.

Opinião: Este primeiro livro da série Laços de Sangue foi uma boa surpresa. Confesso que andei a evitá-lo durante uns bons dias, pois pensava cá para mim: “Ora boa, mais um livrinho de vampiros…”. E apesar de já ter lido bastantes este ano, este mostrou-se diferente. Conceitos diferentes, atitudes diferentes, o que contribuiu para que fosse ganhando entusiasmo ao longo da leitura. Tanto, que acabei por lê-lo em dia e meio.

Carrie, personagem principal e narradora, é uma médica que a certa noite nos Serviços de Urgência, se vê deparada com um doente brutalmente maltratado. Parte do maxilar desfeito, uma cavidade ocular sem olho, enfim, completamente arrasado. Mesmo tendo outros médicos a ajudar o paciente e a chamá-la, ela paralisa e não consegue tirar os olhos daquele moribundo. Quando este lhe retribui o olhar, ela fica muito intrigada, algo não está certo. E a curiosidade dela, após a morte do paciente, muda-lhe a vida… Para sempre.

Jennifer Armintrout construiu um mundo um pouco diferente do que estamos habituados. Se nos últimos romances sobrenaturais modernos, os vampiros podem andar à luz do Sol e a água benta e as estacas não os matam… bem, aqui isso é tudo bastante diferente. As personagens são, na sua maioria, muito misteriosas, com passados dolorosos. Quando um vampiro decidi “iniciar” (transformar) uma pessoa, é necessária uma troca de sangue e isso cria um laço entre eles. O iniciado, com o sangue do seu progenitor a correr nas suas veias, sente-se sempre compelido a estar e a zelar pelo seu progenitor.

Carrie, Nathan e Cyrus, as personagens princnipais, são todas elas bastantes determinadas. Cyrus é de uma crueldade que rasa a abominação. Nathan, embora tenha o mesmo sangue a correr nele que Cyrus, é bastante diferente e luta por ideais completamente diferentes.

Ao conhecerem Carrie, a vida destes deles nunca mais será a mesma.

É um romance bastante brutal na sua violência e nos sentimentos retratados. Não há cá um ideal cor-de-rosa onde tudo acaba por ser perfeito. Não. Há sofrimento, luta, violência e paixão. Não é uma completa obra prima, mas é bastante bom. A escrita da autora, simples e directa, a juntar aos ingredientes que ela tão bem soube misturar, faz com que continuar a ler se torne uma necessidade. Gostei bastante e só posso esperar que a Gailivro lance os outros (até agora a autora já lançou 4) para acompanhar esta história.

Site oficial da autora

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
12 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio Ventura
Fábio Ventura
10 anos atrás

Concordo plenamente com a tua opinião. Inclusive, antes de começar a lê-lo pensava o mesmo "oh não, outro livro de vampiros!" e acabei por me surpreender bastante.

Acho que a autora começou da melhor forma esta série e trouxe uma história com todos os ingredientes necessários a muita emoção. E as personagens são simplesmente deliciosas! A Dra. Carrie é uma das minhas heroínas preferidas de fantasia urbana 😉

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Também gosto imenso dela. Mas li a sinopse do segundo livro (tive que ir espreitar) e com quem fiquei mesmo curiosa foi com Nathan… Ahahah! Enfim, a história dele é… Mas sabes, todas as personagens têm o o seu quê. Foi isso que gostei. A certa altura até Cyrus conseguiu despertar em mim um pouco de compaixão.

Espero que o Segundo saia ainda este ano 🙂

Elphaba
Elphaba
10 anos atrás

A tua opinião veio mesmo a calhar, comprei o livro ontem já tinha lido uma crítica muito boa sobre ele, mas agora fiquei ainda mais curiosa. Vai ser a minha próxima leitura de certeza, por agora o Martin faz as delícias da casa…

Pedacinho Literário
Pedacinho Literário
10 anos atrás

Por acaso tive oportunidade de ver um pouco desta série, penso que a primeira temporada por completo, e achei que tinha um conceito bastante interessante. Agora com o livro a curiosidade cresceu e acabei por o adquirir muito recentemente. Espero lê-lo em breve.
Gostei da tua opinião.

Bjinho e boas leituras
Patrícia

Raquel
Raquel
10 anos atrás

Eu acabei de o ler hoje de manha, e terei de dizer que concordo com a tua opiniao.
Cyrus a uma certa altura dá relamente pena dele. mas lá teve de ser.
Espero mesmo que o segundo saia ainda este ano.

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Elphaba já leste o livro?

Patrícia, confesso que não conheço a série. Qual o nome original dela?

Raquel, também gostaria muito, mas eles têm umas quantas trilogias iniciadas ainda antes desta…

Beijinhos*

'Sarita
'Sarita
10 anos atrás

Estou a ler o livro…
Está a ser em tudo interessante e logo nas primeiras cinquenta páginas, vemos coisas completamente diferentes do que estamos habituados.

'Sarita
'Sarita
10 anos atrás

Este livro foi a minha última compra e concordo plenamente com tudo o que foi dito.
A história está muito bem conseguida e sai um bocado fora, tal como está escrito na opinião, do "viverão felizes para sempre".
Mais uma grande obra.
bjs
Sara Pinela

Vc
Vc
10 anos atrás

Adorei! Li-o tão depressa que acho melhor relê-lo outra vez. É mesmo uma obra de génio!

Mariana Malhão
Mariana Malhão
10 anos atrás

Podes considerar-te culpada por eu ter acabado de comprar na fnac online o pack que contém este livro e o "Possessão", da mesma autora.

Devia haver uma punição para estes blogs, que nos fazem gastar dinheiro 😉

Boas leituras!!

Fishing in Portugal
Fishing in Portugal
10 anos atrás

Eu adorei o livro, achei uma leitura interessante, fascinante. O poder que a autora tem de nos cativar e envolver na leitura é maravilhosa. Eu senti-me quase a personagem do livro. Fantástico.

Morrighan
Morrighan
5 anos atrás

Ainda bem que gostaram :))

É das minha séries preferidas dentro do género!

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!