Opinião: “Os Jogos da Fome” de Suzanne Collins

Os Jogos da Fome (Os Jogos da Fome #1)

Suzanne Collins

Editora: Editorial Presença

Colecção: Via Láctea

Nº de Páginas: 256

Sinopse: Num futuro pós-apocalíptico, surge das cinzas do que foi a América do Norte Panem, uma nova nação governada por um regime totalitário que a partir da megalópole, Capitol, governa os doze Distritos com mão de ferro. Todos os Distritos estão obrigados a enviar anualmente dois adolescentes para participar nos Jogos da Fome – um espectáculo sangrento de combates mortais cujo lema é «matar ou morrer». No final, apenas um destes jovens escapará com vida… Katniss Everdeen é uma adolescente de dezasseis anos que se oferece para substituir a irmã mais nova nos Jogos, um acto de extrema coragem… Conseguirá Katniss conservar a sua vida e a sua humanidade? Um enredo surpreendente e personagens inesquecíveis elevam este romance de estreia da trilogia Os Jogos da Fome às mais altas esferas da ficção científica.

Opinião: Todas as opiniões que li sobre este livro são extremamente positivas. Tanto que, no Goodreads.com, a média da sua pontuação é 4,56… Quando me vi com ele nas mãos, foi impossível não começar a lê-lo. E acreditem, não parei…

Os Jogos da Fome é o primeiro livro de uma trilogia que se adivinha ser uma das melhores que já li. Bastante irreverente e por vezes chocante, esta obra retrata uma sociedade divivida em 12 distritos com um centro – o Capitólio – que controla e governa tudo. E todos os anos são organizados os jogos da fome. É incrível como toda a narrativa se processa. Desde o início que temos Katniss como narradora, sendo impossível não nos afeiçoarmos a ela. Ver o mundo pelos olhos dela é uma experiência fantástica. Mas quando Katniss ouve o nome da sua irmã ser escolhido para os jogos da fome, é que a acção realmente começa.

Os Jogos da Fome são um acontecimento brutal. Brutal em vários sentidos. Desde a luxuosa preparação dos participantes ao abandono, frio e cruel, numa arena para só um restar com vida. Durante os Jogos, muitas alianças são formadas, muitos são traídos, mas as melhores surpresas vêm sempre de onde menos se espera. Gostei imenso do Peeta, o outro escolhido do distrito 12. Mesmo perante as opiniões dúbias que vão surgindo sobre ele (amigo ou traidor), acho que está uma personagem muito bem construída, misteriosa e que dá um toque muito especial a toda a história.

Com uma escrita leve, corrida e completamente viciante (acabei a lê-lo noite adentro até chegar ao fim), este livro traz até nós uma experiência inesquecível e bastante marcante. As características de cada distrito, o que cada um sofre/beneficia, são tratadas de forma bastante crua, sem ser, no entanto, exagerada. E, embora tenha o rótulo de livro para público juvenil, não tenho dúvida alguma que pode agradar a qualquer adulto. Adorei.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
17 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mira
Mira
10 anos atrás

Olá Sofia.
Parece ser um livro interessante, então depois de ler a tua opinião a curiosidade aumentou :S
Tantos livros bons para ler….
Até fico deprimida 🙁

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Somos duas 😐

Alice
Alice
10 anos atrás

Eu sabia que ias gostar 🙂
Estou mortinha por deitar a mão ao segundo volume.
Bjs

Pedacinho Literário
Pedacinho Literário
10 anos atrás

Morrighan … Não devias publicar opiniões como esta!
Nunca tinha ouvido falar desta trilogia mas confesso que fiquei muito muito curiosa e interessada. Parece realmente um livro diferente e, apesar de jovem, um pouco adulto também. Vai para a minha lista!

Beijinhos

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Alice, espero que possas pegar brevemente 🙂

Pedacinho Literário, assim intimidas-me!!! Participa no passatempo =P Quem sabe!

Mas sim, gostei mesmo muito!

Beijocas*

Vitor Frazão
Vitor Frazão
10 anos atrás

É realmente um bom livro.

Repito o que já disse num comentário anterior, é extremamente difícil conceber uma má narrativa pós-apocalíptica (excepto no caso de Kevin Costner) e se a isto acrescentarmos a clássica battle royal "it can be only one" ainda melhor.

Estou ansioso para ler o segundo.

Carina B.
Carina B.
10 anos atrás

Cada vez fico mais cativada por este livro….mais um ao qual eu não vou resistir :))

Carina B.
Carina B.
10 anos atrás

Este livro está-me realmente a cativar!! Mais um ao qual não vou resistir… :))

Anónimo
Anónimo
10 anos atrás

Hum eu adorei o livro futurista de "imperfeitos" Pela tua opinião neste livro e embora sejam duas versao totalmente diferentes uma da outra, acho k pode ser mais um livro k vou adekirri!
Beijinhs

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Andy, eu não referi o Imperfeitos na crítica, mas é sem dúvida um livro que em grande parte me fez lembrar o Imperfeitos. Não que sejam parecidos ou que retratem o mesmo, mas porque de certa forma são muito fortes nas mensagens que transmitem.
Muito muito bom!

Mariana Malhão
Mariana Malhão
10 anos atrás

Concordo com o Pedacinho Literário… Deviam ser proibidas opiniões destas 😛
Eu nunca tive tantos livros na wishlist (nem tantos na pilha por ler…). Não tenho remédio =

Mas realmente com uma opinião destas uma pessoa fica é com vontade de mandar vir logo o livro pelo correio…

Deixa qualquer um, no mínimo, curioso (até porque parece um tema pouco vulgar mas interessante)!

Vou tentar o passatempo 😉

Beijinho

Mariana Malhão
Mariana Malhão
10 anos atrás

Estou curiosa…
Reparei que estás a ler "Em Chamas".
Está a corresponder às expectativas deixadas pelo "Os Jogos da Fome"?

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Olá Mariana,

Quando acabei de ler Os Jogos da Fome, tive que pegar logo neste. Entretanto o tempo tem sido tão pouco que tenho avançado a conta gotas. Mas sim, até agora está a ser muito bom. Sinceramente eu não sabia bem o que esperar deste, dadas as hipóteses em aberto. Tudo depende da postura que a personagem principal adoptar.
Mas mesmo indo já quase nas primeiras 100 páginas, a curiosidade ainda está aguçadíssima e não sei o que vai sair dali =P

Até agora, estou a gostar. Mas só saberei dizer no fim se realmente correspondeu ou não.

Beijinhos

Vc
Vc
10 anos atrás

Gostava de ler o livro. Parece ser diferente daquilo que estamos habituados, mas que venha a mudança! Gosto de inovar 🙂

Elphaba
Elphaba
10 anos atrás

Bem eu já estava super curiosa a respeito deste livro com as poucas opiniões que tinha conseguido após breves pesquisas na Web, agora tenho a certeza que tenho de o ler.

Parece ser super interessante, gosto de livros que retratem novas sociedades e transmitam fortes mensagens sem demasiados floreados pela tua opinião sei que posso encontrar tudo isto neste livro. Eu quero! =)

Rita
Rita
9 anos atrás

Já ando curiosa com esta trilogia há algum tempo porque só tenho ouvido críticas a considerá-la como fantástica. A tua opinião deu-me ainda mais vontade de lhe pegar, pois parece ser realmente interessante.

Mal tenha possibilidade espero lê-lo, acredito que será uma boa experiência. 🙂

Beijinhos.

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

É uma experiência muito boa 😉 E vai-te dar vontade de ler logo o segundo! Eu acho que está mesmo muito bom. Para ser sincera tenho vontade de reler os dois agora que vai sair o terceiro e já passou um ano desde que os li 😐

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!