Opinião: “O Apelo da Lua” de Patricia Briggs

O Apelo da Lua

Patricia Briggs

Editora: Saída de Emergência

Colecção: Bang!

Nº de Páginas: 288

Género: Fantasia Urbana

Sinopse: Mercy Thompson é uma talentosa mecânica de automóveis que vive na zona de Washington. Mas ela é muito mais do que isso: também é uma metamorfa com o poder de se transformar num coiote. Como se não chegasse, o seu vizinho é um lobisomem, o seu antigo patrão um gremlin, e neste momento está a reparar a carrinha de um vampiro. Este é o mundo de Mercy Thompson, um que parece igualzinho ao nosso, mas cujas sombras estão repletas de estranhas e perigosas criaturas da noite. E se até agora Mercy sempre viveu bem nesse mundo, aproxima-se o dia em que a sua preocupação vai ser apenas sobreviver…

Opinião: Sou do tipo de leitores que gosta de ler uma boa fantasia urbana. Com personagens fortes, enredo consistente que nos conquista e não nos deixa largar o livro que temos nas mãos. ‘O Apelo da Lua’ é uma dessas obras.

Num mundo cheio de seres sobrenaturais, gremlins, vampiros, lobisomens, bruxas e outros seres feéricos, Mercy não se encaixa particularmente em nenhum, sabendo-se pouco sobre a sua espécie – os caminhantes. No entanto, dada a sua profissão e o facto de gostar de se manter fora de sarilhos, consegue manter uma relação bastante abrangente com várias espécies e sente-se bem com isso.

Até ao dia em que lhe aparece um lobisomem novato na sua oficina e toda a sua vida é virada de pernas para o ar. Num par de dias a casa do lobisomem Alfa, Adam, seu vizinho, é atacada, a filha deste é raptada e ela ainda se vê obrigada a matar lobisomens, coisa que nunca tinha feito na vida.

Mal ela mal sabe o que ainda está para vir…

Adorei a personagem Mercy. Não tem sido muito usual termos personagens femininas fortes, indomáveis e determinadas. Ela é isso e muito mais. Com a capacidade de fazer frente seja a que espécie for, resistente a todo o tipo de manipulações e seduções baratas, ela conquista-nos de forma fácil conseguindo a nossa total atenção.

Outras personagens que também gostei, sendo um pouco previsível nesse aspecto, foi de Adam, Bran e Samuel.

Foi sem dúvida uma boa leitura, rápida dada a compulsividade a que me vi submetida e que apesar de as primeiras páginas me terem deixado um pouco interrogativa, rapidamente me vi submersa neste mundo fantástico de Patricia Briggs. Sem dúvida que é uma escritora de qualidade que não perde tempo com pormenores chatos e tempos mortos fazendo assim com que a leitura nunca se torne aborrecida, muito pelo contrário. Deixo também uma referência à entrevista da autora que vem a seguir à história em si e que gostei muito ler, ficando a conhecer melhor as intenções da autora por detrás de todo este cenário. 

Adorei e só posso esperar por ler o próximo livro – Vínculo de Sangue – o mais cedo possível. Parabéns Saída de Emergência por esta excelente aposta.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
9 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Patrícia Cálão
Patrícia Cálão
9 anos atrás

Olá!
Estou a ler este livro. Vou no início, mas para já estou a gostar bastante.
Beijinhos! 😉

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Olá Patrícia. Eu gostei mesmo muito =)
Li em dois dias. Não resisti, mesmo. Só hoje li mais de metade do livro.

Boa leitura. Beijinhos!

Inês "Selene" Cruz
Inês "Selene" Cruz
9 anos atrás

Olá.
Eu própria já li o livro e achei-o completamente irresistível. Vínculo de Sangue também está fantástico, e por isso, aconselho.
Beijos!

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Quero ver se não demora muito tempo a chegar às minhas mãos =) Fiquei sem dúvida rendida à história.

Boas leituras. Beijnhos

Ana C. Nunes
Ana C. Nunes
9 anos atrás

Tal como a Patrícia Cálão, estou agora a ler este livro e vou a pouco mais de meio. Estou a gostar e numa coisa já concordo contigo, a Mercy é uma mulher de força. 🙂

Storyteller
Storyteller
9 anos atrás

Estou a meio do livro, mas tem sido de facto uma leitura compulsiva. A autora consegue transmitir-nos um universo animalesco e ao mesmo tempo sensual, sempre envolto em danças de poder. Estou curiosa para acabá-lo depressa porque quero saber como a história acaba!

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Ana C. Nunes, gostei mesmo muito da Mercy. Acho que até é fácil identificarmos uma parte de nós com ela, digo eu! 🙂

Continuação de boa leitura. Beijinho

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Namaste, se vais a meio do livro não o vais conseguir largá-lo até acabares =P Prepara-te!

Boa leitura, beijinho*

Anónimo
Anónimo
9 anos atrás

E se gostaste deste livro vai adorar o segundo! Eu pelo menos gostei muito mais e pelo que li de críticas de outros leitores não fui a única 😛

bjs*

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!