Opinião: ‘O Filho das Sombras’ de Juliet Marillier (Sevenwaters #2)

O Filho das Sombras (Sevenwaters #2)

Julier Marillier

Editora: Bertrand

Sinopse: As florestas de Sevenwaters lançaram o seu feitiço sobre Liadan, a filha de Sorcha, que herdou os talentos da mãe para curar e penetrar no mundo espiritual. Os espíritos da floresta avisam-na de que, para que as ilhas sagradas sejam reconquistadas aos Bretões, Liadan deverá permanecer em Sevenwaters.

A Irlanda está agora em guerra, e as suas costas são assoladas por atacantes. Entre os inimigos há um que se destaca: o Homem Pintado, que granjeou uma reputação terrível de mercenário feroz e astuto, e que espalha o terror por onde quer que passe.

Ao regressar a casa, Liadan é capturada pelo Homem Pintado. Porém, este acaba por se revelar bem diferente da lenda, e apesar da antiga profecia que a obrigava a permanecer em Sevenwaters, a jovem sente-se atraída por ele. Mas poderá ela viver o seu amor sem que a maldição recaia sobre Sevenwaters?

Opinião: O Filho das Sombras é das melhores obras que já li. Tem todos os ingredientes para deliciar qualquer leitor, seja ele amante do género ou não.

Na obra anterior, ‘A Filha da Floresta’, fomos apresentados à magia de Sevenwaters, às suas gentes e à força que essa linhagem transporta com eles. E agora, quando pensávamos que o mal tinha sido derrotado na demanda de Sorcha, começam a surgir sinais que as teias de Lady Oonagh continuam a ser tecidas e uma nova força e união tem que surgir entre o povo de Sevenwaters.

Liadan, filha de Sorcha, é uma personagem de um carácter incrível, cheia de força e determinada a fazer o que acha certo e não o que lhe mandam fazer. Como o seu nascimento não estava previsto, é-lhe dito pelo seu tio, Conor, que ela pode vir a mudar o curso dos acontecimentos e a fazer a diferença.

Rapidamente o mundo de Liadan é virado de pernas para o ar, quando a caminho de casa é capturada pelo bando do Homem Pintado sem que este tenha conhecimento. Quando finalmente se cruzam, uma estranha dinâmica se forma entre eles e Liadan dá-lhe o nome de Bran, devido à forma como o seu corpo está tatuado em forma de corvo.

Contra tudo o que estava previsto, uma ligação mais forte que a vida ou a morte surge entre os dois, mas como pode o Homem Pintado, um fora da lei, amar alguém quando vive constantemente em guerras contra os senhores de Sevenwaters? Ainda mais confuso fica quando o irmão de Liadan, Sean, aborda o Homem Pintado para trabalhar para ele.

Juliet Marillier consegue conquistar-nos de vez com este segundo volume da trilogia. A autora tem uma escrita mágica, que nos envolve e nos prende não dando margem a que algo nos passe ao lado. Sorrimos com as personagens, sofremos e choramos com elas e só esperamos que as coisas acabem bem, embora nem sempre assim seja. Muito muito bom!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
6 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maria Pereira
Maria Pereira
9 anos atrás

Eu já vou no 3º livro desta trilogia e estou a adorar, sem duvida prendo-nos do principio ao fim

Bom fim de semana e boas leituras

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Obrigada Maria 🙂

Eu já é a segunda vez que estou a ler a trilogia. É a minha preferida, sem dúvida!

Bom fim-de-semana e boas leituras também 🙂

Leto of the Crows - Carina Portugal
Leto of the Crows - Carina Portugal
9 anos atrás

É, de facto, uma trilogia fantástica 😀

Anónimo
Anónimo
9 anos atrás

Olá!
Eu ando a escrever uma histária original, pois um dos meus sonhos é um dia poder ter um livroXD Ou pelo menos, tentar, pois tentar não custa e sem tentar nada é realizado. Acompanho o teu blog e pelo que entendo, gostas bastante d eler, se não não farias criticas aos inúmeros livros que lês! Bem, a questão é a seguinte, eu preciso de leitores capazes de criticar aquilo que escrevi e me deiam um feedback que não seja apenas um gostei, tá bom ou coisas assim sem um grande conteúdo.
Se pudesser ler aquilo que já tenho escrito, o que é realmente pouca coisa, e dar um feedback, eu agradeceria. Beijinhos e desculpa por comentar aqui. Se puderes responde para o mail: phantomrider_freedom@hotmail.com

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Andy Girl, obrigada pelo teu contacto.
Façamos assim, para uma melhor comunicação, envia-me mail para branmorrighan[at]gmail[dot]com , pode ser?

Obrigada 🙂

Anónimo
Anónimo
9 anos atrás

Olá!
Já te enviei e-mail.
Obrigado desde já.

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!