Ervas Mágicas – Azevinho

Regente Planetar: Marte | Elmento: Fogo

O Azevinho é um arbusto de folha perene que ocorre nas regiões mais a sul e oeste da Europa, sendo que em Portugal é mais abundante no Norte Centro e Litoral. A sua floração ocorre entre Maio e Janeiro e no Inverno a maioria das plantas apresenta já o seu fruto tão característico.

O azevinho está intimamente ligado ao período natalício, já que é uma das plantas que se mantém verde durante todo o ano e as suas bagas dão cor ao tempo cinzento, sendo utilizado como decoração nas coroas de Natal, juntamente com a hera, o visco, o alecrim e o louro.

É também em Yule, o dia mais curto do ano, que o Rei Azevinho, representado como um homem coberto de folhas e ramagens desta planta, segurando um arbusto de azevinho como bastão, termina o seu reinado após ter governado a Roda do Ano entre o Solstício de Verão e o de Inverno.

Mas o azevinho não é apenas utilizado nas celebrações invernais. Sendo uma planta protectora por excelência, protegia o lar contra os espíritos malévolos quando colocada dentro de casa e garantia a harmonia entre os seres humanos e os seres mágicos que nele habitassem. Quando plantada no exterior, dizia-se que livraria os seus habitantes de feiticeiros malévolos.

Talvez a sua conotação divina e os seus poderes protectores fossem a razão pela qual seria tabu, muito antes de ser ilegal cortar um arbusto inteiro devido à sua existência ameaçada. Assim, o azevinho era deixado intacto quando as sebes eram aparadas – uma crença popular afirmava que os arbustos de azevinho por aparar impediam que as bruxas se aproximassem!

O azevinho é por vezes associado à divinação, sobretudo em sonhos. Numa Sexta-feira, depois da meia-noite e em completo silêncio, seriam colhidas nove folhas de azevinho que não fosse espinhoso. As folhas deveriam depois ser embrulhadas num pedaço de pano branco e as suas pontas unidas por nove nós e colocadas debaixo da almofada.

Gisela Rodrigues

Mandrágora – O Almanaque Pagão 2012 : A Roda Sagrada do Ano Mágico, Zéfiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide