O que a Morrighan diz sobre “Vodafone Paredes de Coura – Cinco dias de música, uma semana de férias!”

O Festival Paredes de Coura, mais do que mais um festival de Verão, é para mim Aquele festival em que, independentemente do cartaz, provavelmente estarei lá batida. Lembro-me perfeitamente que ainda para a edição de 2012, arranjei passe em Dezembro de 2011 sem qualquer banda anunciada. Vocês devem estar a pensar “esta gaja não bate bem!”, mas acreditem, quem vai ao festival não volta igual.

Sedeado no meio da natureza, o festival acaba por transbordar de um espírito bastante diferente dos restantes, com outro tipo de afabilidade e disponibilidade das pessoas para entreajuda, não fosse este situado no Norte do país! “Pronto, agora ela vem com regionalismos…” Nada disso! Ainda assim, acreditem, é diferente.

Há dois anos o Festival Paredes de Coura viu o seu fim muito próximo. Não havia dinheiro, falava-se que por o festival por estar localizado onde está e por não ser mainstream não tinha futuro. Fico contente que haja quem queira contrariar essa tendência! O ano passado a EDP reavivou-o um pouco e este ano a Vodafone está decidida em dar-lhe um toque de originalidade e de qualidade superior.

As condições deste ano prometem facilitar a estadia a todos os campistas festivaleiros. Haverão novas condições, consciencialização em relação ao meio-ambiente, novas iniciativas, serviço de babysitting, fichas para carregar os telemóvel, redes de esgotos renovadas, número de casas de banho duplicado e ainda, vejam só porque no meu tempo não havia nada disto, um shuttle para fazer a viagem desde o recinto à vila (acreditem, até se faz bem a pé e penso que continuarei a ir a pé, mas aquelas primeiras subidas desafiam até as pernas dos grandes atletas!)

Todas estas informações e ainda mais podem ser encontradas aqui: http://www.ritmos.biz/news/news_web_ferias.html

Outra grande novidade deste ano é que a abertura do festival no dia 12 de Agosto será no centro da Vila e não no recinto! Ao que parece os habitantes da vila vão ter que se preparar, pois a tenda electrónica vai chegar até eles!

E pronto, é isto. Eu vou lá estar, ainda não sei bem a partir de que dia, mas garanto-vos que isto sim, são férias em tom de retiro com óptima qualidade musical e ambiental. E por favor, não me venham dizer que o cartaz não presta porque aí fico com vontade de vos dar umas valentes chapadas. Cada vez que dizem “só conheço duas ou três bandas, o cartaz não presta!” eu só tenho uma resposta “experimentem começar a ouvir música!”. Sim, porque o cartaz do Alive deste ano, por exemplo, foi uma conjugação (na sua maioria) dos cartazes de Paredes de Coura dos últimos dois anos… E esta, hein?

E entre os meus leitores, temos festivaleiros?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide