Opinião: Emoções Proibidas de Jess Michaels

Emoções Proibidas

Jess Michaels

Editora: Quinta Essência

Sinopse: Durante vários verões Miranda Albright viu – horrorizada, mas vergonhosamente excitada – o seu perverso vizinho Ethan Hamon, o notório conde de Rothschild, «entreter» uma sucessão de amantes nos terrenos da sua propriedade. Agora que o pai dela morreu, deixando para trás uma montanha de dívidas, Miranda deve fazer o impensável. Ethan prometeu apoiar as suas irmãs mais novas, financeira e socialmente, por um preço escandalosamente caro: Miranda deve oferecer-se completamente ao conde durante três meses, sem remorsos e sem restrições.

Noventa dias e noites de sensualidade desenfreada esperam-na nos braços de um galã que vê a sua submissão como nada mais do que um grande jogo erótico. Porém, nem Miranda nem Ethan percebem que fogo arde por detrás de um rubor inocente. E assim que a paixão dela é desencadeada pelos lábios e pelo toque de Ethan, é a aluna que vai ensinar ao professor os caminhos do prazer proibido… e do amor.

Opinião: Quando me estreei com Jess Michaels em Tabu, disse para mim mesma que esta seria uma autora cujo percurso em Portugal eu iria querer seguir e assim se tem vindo a confirmar. Emoções Proibidas é o terceiro romance da escritora em terras lusitanas e claro que tinha de o ler. Como já previa foi uma leitura descontraída, bem-humorada, romântica e por vezes até emocional.

Situada na época das grandes temporadas em Inglaterra, esta obra traz até nós mais um par de protagonistas que são mais parecidos do que se julgam ao início. Miranda Albright não é de todo desagradável à vista e já podia ter arranjado n maridos, não fosse nenhum nunca lhe ter interessado verdadeiramente. Ethan Hamon é um conde que desde cedo decidiu que não iria casar, interessando-lhe apenas manter a sua vida sexual sempre activa com uma reputação a manter.

Quando Ethan e Miranda firmam o acordo entre ambos, começam a percorrer um caminho que não era bem o que ele tinha em mente, mas que também não consegue contrariar. O romance foca-se bastante nas experiências prazenteiras do casal, mas também na descoberta de novos sentimentos e de como isso afecta até a mais firme das personalidades.

Outro aspecto que é aqui explorado é a atrofia no que toca à forma como senhoras daqueles tempos encaravam o sexo e a paixão. O comportamento de Penelope, irmã de Miranda, a certa altura do livro é capaz de deixar qualquer um com os nervos em franja, para não falar da sua mãe! No seu todo formam um conjunto de personagens bastante características da sociedade dessa altura dando o seu toque próprio ao elenco.

Jess Michaels é uma grande senhora no que toca ao romance sensual romântico. Envolve o leitor na sua história levando-o a sentir-se parte da descoberta e ao mesmo tempo a viver as ansiedades dos personagens. A escrita é simples, a linguagem adequada ao espaço temporal em que a história decorre e o ritmo embala-nos numa leitura rápida que nos prende. Claro que o fim é daqueles que nos deixa com um sorriso nos lábios e de faces coradas, mas não é isso que quem lê este tipo de livros procura? Gostei.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!