Opinião: Angelologia (Angelologia #1) de Danielle Trussoni

Angelologia (Angelologia #1)

Danielle Trussoni

Editora: Editorial Presença

Colecção: Via Láctea #86

Sinopse: Depois de sociedades religiosas secretas e da popularidade dos vampiros, os anjos descem à Terra e prometem lançar a nova tendência para 2010. Publicado originalmente nos Estados Unidos, em Março deste ano, Angelologia (Angelology) carrega consigo o futuro da história. Um dos livros mais aclamados mundialmente, entre editores e livreiros de diversos países, surge como um misto de O Código Da Vinci, de Dan Brown com o Crepúsculo, de Stephenie Meyer, e promete já uma sequela – Angelopolis.

Desde o início dos tempos que os nefilins, a raça que descende de anjos e humanos, procura dominar a humanidade semeando o medo, provocando guerras e infiltrando-se nas mais poderosas e influentes famílias da história. Apenas a sociedade secreta de angelologistas, com os seus conhecimentos ancestrais, tem conseguido detê-los. Agora, a Irmã Evangeline do Convento de Santa Rosa, no estado de Nova Iorque, está prestes a juntar-se a eles. Mas conseguirá ela resistir ao imenso poder dos nefilins e evitar o apocalipse? Uma narrativa vigorosa, complexa e inteligente que funde elementos bíblicos, míticos e históricos e envolve o leitor da primeira à última página.

Opinião: Angelologia é um daqueles livros que ou se ama ou se odeia. Danielle Trussoni, numa aposta ousada, criou um mundo com seres sobrenaturais, descendentes dos anjos, e cheio de mistérios e perigos escondidos. A primeira afirmação prende-se com o facto de a narrativa tomar o seu tempo para os acontecimentos se darem e pelas suas características. No meu caso, foi com fascínio e curiosidade que percorri as páginas desta obra.

Quando surgiu a moda dos anjos em 2010, confesso que a ignorei quase por completo. Na altura comecei a ler apenas uma saga que envolvia anjos, mas nem sequer era essa a motivação da leitura. Hoje, confesso que gostaria de ter lido este livro há mais tempo. As primeiras páginas vão semeando a intriga no leitor, levando-o a querer saber mais, a ir em busca do conhecimento sobre os Nefilins e sobre os Angelologistas. É principalmente através de Evangeline que começamos a trilhar esse caminho.

A obra está dividida em esferas, espaços temporais ou de acções específicas, e numa delas somos transportados para uma série de décadas passadas, aquando da descoberta da famosa Lira. Os acontecimentos aí descritos, os estudos efectuados pela família Valko e ainda a contextualização histórica, no tempo da perseguição dos alemães, foi das partes que mais gostei.

Sabe-se que nos tempos que correm, os Nefilins andam a ficar cada vez mais fracos, a adoecerem, a ficarem com a linhagem cada vez mais frágil. Há, no entanto, o rumor de que a Lira será capaz de os curar. Para os angelologistas, esta obra de arte musical celestial, pode ter consequências inesperadas, tal como a destruição do mundo como o conhecemos. Por tudo isto, é impreterível que não caia nas mãos erradas.

Toda a trama em si é complexa, mas de fácil acompanhamento. As personagens apresentadas são fortes e bem desenvolvidas, o cruzamento entre o Passado e o Presente está bem delineado e serve de enciclopédia angelológica. O mundo da Angelologia, o trabalho que as pessoas, que a ela pertencem, desenvolvem, cativou-me imenso. Num misto de terror e respeito bíblico, a autora dá-nos uma outra perspectiva de como um mundo povoado por criaturas fascinantes se poderia tornar um desastre. A caracterização dos anjos caídos é detalhada, tal como toda a sua dinâmica e papel na história.

A escrita é simples, fluida, mas por vezes densa. Confesso que demorei mais tempo do que estava à espera a ler esta obra, pois há sempre imensa informação a reter, pormenores que não queremos deixar passar, ligações e especulações que são inevitáveis um leitor mais atento não fazer. O fim não foi bem aquele que estava à espera, o que acaba por ser um grande incentivo à continuação da leitura através do segundo volume da série Angelópolis. Pergunto-me como se comportará a nossa protagonista daqui para a frente. Gostei.

Angelologia - www.wook.pt

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Unknown
Unknown
8 anos atrás

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

http://ocarteiravazia.blogspot.com/

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide