Opinião: A Travessia de Wm. Paul Young

A Travessia

Wm. Paul Young

Editora: Porto Editora

Sinopse: Anthony Spencer é um empresário de sucesso, um homem orgulhoso e egocêntrico que não olha a meios para conseguir os seus objetivos. Um dia, o destino prega-lhe uma partida: um AVC deixa-o nos cuidados intensivos, em estado de coma.

Entre a vida e a morte, Anthony vê-se num mundo que espelha a dor e a tristeza que tem dentro de si. Confuso, sem compreender exatamente onde está e como foi ali parar, viaja pela sua consciência para compreender quem realmente é e descobrir tudo o que tem perdido ao longo da vida: a esperança, a amizade genuína e o amor verdadeiro, sentimentos que há muito o seu coração deixara de sentir.

Em busca de uma segunda oportunidade, Anthony fará uma jornada de redenção e encontro com o seu verdadeiro ser.

Opinião: Após a recente leitura de A Cabana, foi com alguma cautela que entrei na leitura de A Travessia. Não gosto de levar qualquer expectativa para as leituras encarando cada obra como uma leitura sem precedentes, mas o início d’A Travessia não me facilitou muito a tarefa. Começando nos mesmos moldes do núcleo d’A Cabana, só a partir de um terço da sua história é que começou a ganhar identidade própria tornando-se muito mais interessante. Apesar de um início mais susceptível, acabei por achar bastante agradável esta segunda história de Wm. Paul Young.

Tony é o nosso protagonista e com ele traz uma bagagem imensa e pesada. Com uma infância difícil, um crescimento tumultuoso e uma fase adulta não menos fácil, acabou por se tornar num homem amargurado sem qualquer tipo de bondade ou amor por terceiros. Depois de perder um dos seus filhos, Gabriel, entrou numa espiral de destruição no que tocava às suas relações mais próximas, mulher e filha, isolando-se num mundo paranóico, cheio de subterfúgios.

A história em si desenvolve-se num plano interior, desolado, em que o protagonista, com a colaboração das entidades divinas e personificações de traços da sua personalidade, se vai reconstruindo. Imaginem uma grande herdade completamente desolada, em ruínas, e todo o trabalho subjacente para que se tornasse em algo habitável e minimamente belo. As ervas daninhas que teriam de arrancar pela raiz, as reconstruções pedra sobre pedra, o embelezamento, a dedicação… Agora transponham isso para uma reconstrução do vosso próprio eu. É esse trabalho que Tony tem pela frente. Com a ajuda de colaboradores improváveis, ele redescobre a empatia, o amor, o querer dar-se pelos outros.

No geral, gostei da história, está muito bonita, comovente, e através dela Wm. Paul Young volta a confrontar o leitor com as motivações dos seres humanos, os recalcamentos e como, através da fé e do amor (não confundir com alguma espécie de fervor religioso, não é sobre religião que este livro se trata) se consegue recuperar muito do que podíamos julgar morto em nós mesmos.

O fim deixou-me completamente atónita! Será que vai haver continuação ou a mensagem ficou por ali e devo eu interpretá-la à minha maneira? A escrita do autor é acessível, fluida e adequada ao tema. As personagens entram nos nossos corações e é fácil sentirmo-nos conquistados por elas. Começou por ser uma leitura algo cuidadosa, mas que acabou por se tornar numa bastante prazerosa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide