Cat Power a 18 de Junho no 20º Super Bock Super Rock

17, 18, 19 de Julho, Herdade do Cabeço da Flauta 

Junto à Praia do Meco, Sesimbra 

www.superbocksuperrock.pt | facebook.com/sbsr 

E à 20ª edição, o Super Bock Super Rock não poderia deixar de surpreender. Aos nomes já anunciados, junta-se um gigante, icónico e inefável do universo indie: Cat Power. 

A vida de Chan Marshall pode ser rica de volatilidades, viva de tempestades e de momentos limite. No entanto, o génio musical e criativo nunca esmoreceu. Apesar das dificuldades pessoais Cat Power surpreendeu – ou melhor, arrebatou! – sempre, como autora e intérprete. Dos tempos dos idos 90, onde em Nova Iorque criou, compôs e produziu os seus primeiros discos – com a preciosa ajuda de gente como Steve Shelley (Sonic Youth) e Tim Foljahn (Two Dollar Guitar) -, aos voos grandiosos pela Matador Records, de onde jorraram discos como “Moon Pix” ou “You Are Free”, Marshall provou ser rara, com um jeito muito pessoal. Até “The Greatest”, épico registo quase soul de 2006, as canções de Cat Power exploraram a melancolia tendo como base o género folk, aqui e ali com componentes da pop independente. 

Em 2012, depois de 6 anos sem editar um disco exclusivamente de originais, voltou com “Sun”. O título diz muito e é revelador de uma renovada esperança artística. A estética que incorpora a obra é temperada por electrónica (com pop dentro) e por sons de galáxias distantes das das primeiras obras. Cat Power tem encantado o mundo e os melhores palcos com “Sun”. Chegou a vez de Portugal, e o Super Bock Super Rock é o festival que se honra de receber e oferecer a todos os apaixonados da melhor música alternativa, uma das mais brilhantes artistas do mercado musical alternativo: Cat Power. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!