Escritos Aleatórios #47

“Seria fácil deixar tudo para trás como se nada sentissemos, se nada despertasse em nós a vontade de ficar e de arriscar. O cansaço chega, a alma implora, mas decidimos ignorar o espírito inquieto, os gritos do corpo exausto.

Alimentamo-nos através de esperança, esperança essa que muitas vezes é apenas engenarmo-nos a nós mesmos, o reflexo de ilusões que nos fortalecem temporariamente.

É uma dança na luta contra o tempo em que acabamos de cara no chão, derrotados, pois o tempo não para, mas as ilusões continuam e, enquanto persistem, sobrevivemos em vez de vivermos.”

Morrighan – 01/02/2014 (escrito durante uma viagem entre Ovar e o Porto)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!