Literatura

Escritos Aleatórios #63

Eu sei que a vida é suposto ensinar-nos a lidar com a perda. Sei que sim. E sei que o tempo ajuda, etc. etc., mas …

Ler o Artigo →
Literatura

Citações Aleatórias – Eimear McBride

Não. Não pertenço a grupo nenhum. Sou a carta fora do baralho, mas intenções as melhores e não logo muito porque Que Se Foda pertencer …

Ler o Artigo →
Blog

Escritos Aleatórios #62

Não sei lidar com este fervor, com este anseio de ti. Canso-me de tudo o que não te traz até mim durante períodos que parecem …

Ler o Artigo →
Literatura

Escritos Aleatórios #62

Era bom que as palavras fossem suficientes para expressarem o que sinto, o que me consome. Não é só o recordar-me de ti, da tua …

Ler o Artigo →
Literatura

Foi quando comprei o carro novo que o nosso amor morreu, por João Pedrosa

Foi quando comprei o carro novo que o nosso amor morreu Olá, Deves por certo estranhar o facto de eu te estar a escrever tanto …

Ler o Artigo →
Literatura

Quando venta, por Helena Ales Pereira

Quando venta Aproximo os pés da falésia e sinto o vento na cara, na barba, a fazer da minha t-shirt um balão e a tocar-me …

Ler o Artigo →
Blog

Escritos Aleatórios #61

Tenho tentado perceber como lidar com isto. Sinto a tua falta, Luís, e se a minha vida mudou depois de te conhecer, certamente vai mudar …

Ler o Artigo →
Blog

Escritos Aleatórios #60

Ela leva-o até ao destino. Sente-se bem, feliz, as coisas não estão como deviam estar, não são como podiam ser, mas existe este local de …

Ler o Artigo →
Blog

[Gerador] Declaração de Amor à Blogosfera

https://www.facebook.com/acgerador Recentemente, em conversa com o Tiago Sigorelho do projecto Gerador, surgiu o desafio de, na onda das Declarações de Amor feitas no primeiro número …

Ler o Artigo →
Blog

Escritos Aleatórios #59

“Vem comigo. Abandona-te e faz com que me abandone. Libertemos todas estas emoções e frustrações acumuladas. Deixa-me guiar-te até ao cume daquela montanha onde a …

Ler o Artigo →
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide