[Queres é (a) Letra!] Mahogany – a house in iceland – polaroid syndrome | part 1

Hoje não temos um Especial Exclusivo porque a sample já estava disponibilizada, mas ainda assim achei que fazia todo o sentido integrar o Queres é (a) Letra! para ficar tudo bonito e completo. Até porque uma jornada onde se saltam marcos é uma viagem incompleta e esta polaroid syndrome | part 1 é, a meu ver, uma peça fundamental. Para além do leitor do bandcamp (onde podem contribuir e comprar o cd pelo valor que puderem dar), deixo-vos também o maravilhoso vídeo. And you know… that’s just the way it is, there are many things in life we don’t understand and we go on anyway. 

Tenham uma óptima semana! 

John ColtraneI don’t feel there’s an answer to this; I think that it is either thing, that the person who doesn’t understand will understand in time upon repeated listenings or, also, that he will never understand. And you know… that’s just the way it is, there are many things in life we don’t understand and we go on anyway.

Entrevista no Japão, divulgada em 1965 – https://www.youtube.com/watch?v=68UK9guaBoo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!