[Divulgação] Lugares Escuros, de Gillian Flynn

Lugares Escuros

Gillian Flynn

Género: Thriller

Tradutor: Tânia Ganho

Formato: 15×23,5cm

N.º de páginas: 416

Data de lançamento: 4 de outubro

PVP: 17,70€

Best-seller do New York Times

«4 estrelas em 4» revista People

Melhor livro do ano: Publishers Weekly, The New Yorker, Chicago Tribune; Weekend Today.

Libby tinha sete anos quando a mãe e as duas irmãs foram assassinadas no «Sacrifício a Satã de Kinnakee, no Kansas». Enquanto a família jazia agonizante, Libby fugiu da pequena quinta onde viviam e mergulhou na gelada neve de janeiro. Perdeu alguns dedos das mãos e dos pés, mas sobreviveu e ficou célebre por testemunhar contra Ben, o irmão de quinze anos, que acusou de ser o assassino.

LIVRO

Passados vinte e cinco anos, Ben encontra-se na prisão e Libby vive com o pouco dinheiro de um fundo criado por pessoas caridosas que há muito se esqueceram dela.

O Kill Ckub da Matança é uma macabra sociedade secreta obcecada por crimes extraordinários. Quando localizam Libby e lhe tentam sacar os pormenores (provas que esperam vir a libertar Ben), Libby engendra um plano para vir a lucrar com a sua história trágica. Por uma determinada maquia, estabelecerá contacto com os intervenientes daquela noite e contará as suas descobertas ao clube… e talvez venha a admitir que afinal o seu testemunho não era assim tão sólido.

À medida que a busca de Libby a leva de clubes de striptease manhosos no Missouri a cidadezinhas turísticas de Oklahoma agora abandonadas, a narrativa vai voltando atrás, à noite de 2 de janeiro de 1985. Os acontecimentos desse dia são recontados aos olhos dos membros condenados da família de Libby, incluindo Ben, um miúdo solitário cuja raiva pelo pai indolente e pela quinta degradada o leva a uma amizade inquietante com a rapariga acabada de chegar à cidade

Peça a peça, a verdade inimaginável começa a vir ao de cima e Libby dá por si no ponto onde começara: a fugir de um assassino.

AUTORA

É autora de Em Parte Incerta, best-seller do New York Times e um dos melhores livros de 2012. É também autora de Objetos Cortantes, vencedor do Dagger Award e nomeado para o Edgar Award de romance de estreia, escolha da BookSense e da seleção de Descobertas da cadeia de livrarias Barnes & Noble. A autora está publicada em 28 países. Vive em Chicago com o marido e o filho.

IMPRENSA

«De pôr os nervos em franja.» The New York Times


«Um mistério bombástico e cheio de reviravoltas.» Entertainment Weekly


«Um thriller que nos agarra.» Cosmopolitan


«Deliciosamente arrepiante.» Chicago Reader


«Não. Consegui. Parar. De. Ler.» Bookreporter.com


«Uma intriga densa e personagens cativantes.» Library Journal

Sobre o Em Parte Incerta:

«Gillian Flynn escreveu um thriller viciante que nos envolve no mistério do desaparecimento de uma mulher, mas também mostra uma América em crise. Há livros que têm a capacidade de nos sequestrar durante horas seguidas, às vezes durante dias a fio, livros tão eficazes que tornam a leitura compulsiva e dão sentido ao adjetivo inglês unputdownable (“impossível de pousar, de largar”). Foi o caso, há uns anos, dos romances da trilogia Millennium, de Stieg Larsson. É também o caso de Em parte Incerta, o thriller psicológico que se tornou um fenómeno de vendas e de crítica nos EUA, em 2012. Gillian Flynn, como Larsson, consegue criar personagens fortíssimas e colocá-las em situações extremas, com abundância de surpresas e volte-faces.»

Expresso, José Mário Silva

«De vez em quando há um thriller que aterra com a força de um meteorito. Em parte Incerta, de Gillian Flynn, é um desses casos. Um dos livros mais comentados nos Estados Unidos no ano passado, foi por cá muito rapidamente traduzido pela Bertrand. Felizmente!»

Rui Lagartinho, Público.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide