[Queres é (a) Letra Especial] Apresentação do single Scope, dos Paraguaii

Tenho acompanhado os Paraguaii desde que o ano passado, 2015, vieram apresentar o seu EP de estreia ao Musicbox Lisboa. Entretanto foram finalistas do Festival Termómetro e eis que chegam com novidades frescas – Scope é o primeiro single, com vídeo, daquele que será o primeiro disco de longa duração. Num registo bem diferente daquele presente no EP, Scope traz uma sonoridade mais espacial e melodiosa, em que a estética puxa a um universo tanto primitivo quanto mitológico. Confesso que gostei das músicas do EP, porém esta evolução agrada-me ainda mais – a frescura e o corpo dançante são revigorantes – e estou curiosa por ver o que é que o o disco poderá trazer mais. Deixo-vos com as informações oficiais, vídeo e letra. 

Paraguaii é o resultado da infindável busca musical e empírica vivida por Igor Gonçalves e Giliano Boucinha, busca que teve início nos tempos em que partilhavam o palco enquanto Utter.


A eles, juntou-se Zé Pedro Caldas Correia e, desde 2015, que essa procura se tem vindo a materializar com a edição dos singles “She”, “Tucano Baby” e “Black Ships” que lhes valeu lugar assegurado na fase final da última edição do Festival Termómetro.


2016 começa com a banda a mostrar “Scope”, o primeiro single/vídeo do que será o seu primeiro álbum de originais a ser editado na primavera.


“Scope” lança o mote do longa duração e vai buscar inspiração ao Espaço para questionar sobre o nosso lugar no cosmos e a forma como este se ramifica no sentido da auto-percepção e consciencialização humana.


Bem-vindos à amplitude espacial envolvida numa onda de cosmologia criativa dosParaguaii, um mergulho num denso, amplo e profundo espaço de luz.

We are going to the other site of the sun

We are going to the other site of the sun

We are going to the other site of the sun

We are going to the other site of the sun


And there we saw, we saw

The black black moon

The black black moon

The black black moon

The black black moon


We are going to the other site of the sun

We are going to the other site of the sun


I saw our planet through, a microscope

It looks like a tiny ball, in the hole.


And there we saw, we saw

The black black moon

The black black moon

The black black moon

The black black moon

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide