[DESTAQUE] Comemorações dos 20 anos de livros de Valter Hugo Mãe

Para celebrar os 20 anos de livros de Valter Hugo Mãe, a Porto Editora preparou dois grandes eventos. As iniciativas, que duram todo o dia, acontecem no Porto e em Lisboa. No dia 8 de outubro, o São Luiz Teatro Municipal, recebe o segundo destes eventos, que contará com a participação de figuras como Teresa Salgueiro, Ana Bacalhau ou Pedro Lamares, para além de diversos académicos de diferentes proveniências e ainda de momentos dedicados às crianças.

Programação completa disponível em portoeditora.pt/vhm20anos

O NOVO ROMANCE

Três anos depois de A Desumanização, obra aclamada por leitores e críticos de vários países, e numa altura em que assinala 20 anos de percurso literário, Valter Hugo Mãe regressa com Homens imprudentemente poéticos, um novo e magistral romance que a Porto Editora faz chegar às livrarias a 3 de outubro. Ao sétimo romance, motivado pela tradição japonesa da honra e da espiritualidade, Valter Hugo Mãe apresenta uma visão deslumbrante do mais inspirador Oriente. Na esteira da herança de Wenceslau de Moraes, Hugo Mãe procura auscultar o Japão para entender a beleza dos seus modos – a profundidade da cultura e da sua prudência poética. Segundo o poeta José Tolentino Mendonça, este novo livro constitui «uma luminosa parábola que fica a reverberar muito tempo depois». Já o romancista Richard Zimler considera que «as fascinantes personagens deste romance vivem num Japão que é ao mesmo tempo mitológico e íntimo, criado pela imaginação prodigiosa e profundamente poética do autor».

SINOPSE

Num Japão antigo o artesão Itaro e o oleiro Saburo vivem uma vizinhança inimiga que, em avanços e recuos, lhes muda as prioridades e, sobretudo, a capacidade de se manterem boa gente. A inimizade, contudo, é coisa pequena diante da miséria comum e do destino. Conscientes da exuberância da natureza e da falha da sorte, o homem que faz leques e o homem que faz taças medem a sensatez e, sobretudo, os modos incondicionais de amarem suas distintas mulheres. Valter Hugo Mãe prossegue a sua poética ímpar. Uma humaníssima visão do mundo.

O AUTOR

Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou seis romances: A desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobos, O paraíso são os outros; As mais belas coisas do mundo e O rosto. A sua poesia foi reunida no volume contabilidade, entretanto esgotado. Publica as crónicas Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide