[Queres é (a) Letra!] não simão – catarse ao mar

A canção foi escrita pouco tempo depois de passar uma semana numa viagem de barco que, claramente, não correu lá muito bem…



Não estou enjoado,

deves estar enganado.

Dá-me cá o comprimido

e não me grites ao ouvido.


Vai ver se há peixes a passar

e vê lá se não cais ao mar;

que eu não sei onde está a bóia

e ainda me acusam de tramóia…


Será que isto nunca mais acaba?

Será que ninguém me vai valer?

Só vejo a linha do horizonte,

lentamente a subir e a descer


Vamos, puxa esse cabo!

Ainda há um certo alento

e eu não estou resignado,

há que aproveitar o vento.


Mas se batermos nas rochas

não te agarres às minhas costas,

pois se ficarmos a meio

eu prefiro sozinho que cheio desta merda toda…


Será que isto nunca mais acaba?

Será que ninguém me vai valer?

Só vejo a linha do horizonte,

lentamente a subir e a descer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!