[Texto Ana Cláudia Silva] a areia que não se move

não há areia que se mova por ti.

não há onda que rebente sem olhar atrás

sem adivinhar o que viveu.

há o balanço

interior e emocional

dos que partiram sem deixar rasto

e aquele que (não) ficou;

há a tua nova presença

da beleza que tem guiado os meus dias.

com toda a mudança,

tive tempo para me encontrar,

para sofrer e libertar,

para apaixonar e namorar

e desamigar.

de apenas desejar o amor e não a tristeza.

devia ter feito uma lista de resoluções de ano novo

só para riscar o que já concretizei.

gostava de, um dia, poder escrever uma música para ti.

ou que musicasses algum dos meus textos.

gostava que o teu abraço não fosse uma despedida

como se estivéssemos num aeroporto.

do inesperado.

para ti.

A fotografia foi tirada na Praia de Populo, São Miguel, Açores.

Ana Cláudia Silva

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide