Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] Por entre as tiras do cortinado vejo a solidão

Por entre as tiras do cortinado vejo a solidão Porque a primavera ainda vem longe. E, enquanto peço mais uma oportunidade, sinto o ar doce …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] serão as cidades que nos definem?

serão as cidades que nos definem? ou de que forma podemos definir-nos? sabes aquela sensação de deja-vu? é o que sinto neste momento. neste. exacto. …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] entre o verde e o azul

entre o verde e o azul não sei por quanto tempo a tua luz estará acesa dentro do meu quarto. também não sei por quanto …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] adoração

adoração estive a reflectir sobre qual seria o próximo destino. se deveria levar apenas uma mochila ou um trolley. a opção dividia-se em dois: a …

Ler o Artigo →
Blog

[TEXTO ANA CLÁUDIA SILVA] a ilha bela

a ilha bela lembro-me, exactamente, que foi no mês de abril que recebi a tua última carta. escreveste-me daquela fantástica ilha. com vista para a …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] pensar bem

das vezes que olhos para a janela, relembro aquele fim de tarde, em que as tuas palavras caíram que nem uma bomba. ao meu redor, …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] o viajar já é mais que a viagem*

atravessando o rio quando se é um pássaro, pode-se voar até ao infinito. quando se é ar, pode-se viajar livremente. quando se é viajante, aquece-se …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] trans(atlântico)

trans(atlântico) tenho passado os dias a cantarolar as canções que conheces de cor de sotaque açucarado sentindo que atravesso o oceano mesmo sem colocar os …

Ler o Artigo →
Blog

[8 Anos Blog BranMorrighan] Os Parabéns ao blogue, da Ana Cláudia Silva

Tenho andado a publicar estes textos por ordem de chegada, mas a verdade é que estava ansiosa que chegasse a vez da Ana. Estão a …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] das ruínas

das ruínas entre o sal que a tua pele sente, há o calor que emerge do fundo da terra. do chão que pisas. volta e …

Ler o Artigo →
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide