[FreshFindings] Descobrindo The Shakers com Tea Party

The Shakers são uma banda londrina e no dia 1 de Março lançaram o seu primeiro single do, “Tea Party”, através da sua própria editora Infinity Cactus Records. O que mais me surpreendeu com este primeiro tema que ouvi deles foi precisamente o facto de me ter ficado logo no ouvido, lembrando-me um bocadinho Kasabian, de achar que tem qualidade e ainda por cima ter sido tudo feito pela própria banda – escrita, gravação, produção e lançamento. Tendo já acompanhado processo semelhantes com bandas portuguesas, existe automaticamente um respeito muito grande pelos projectos que decidem assumir tudo si mesmos.

Em relação a “Tea Party”, o tema é leve e ao mesmo tempo libertador. A banda assume que fala sobre uma daquelas festas em que os convidados são um grupo de amigos chegados em que cada um pode ser tão weird quanto quiser. A nível sonoro, a música contém um estilo imersivo de sons cheios de guitarras, uma forte bateria e uma linha de baixo contagiante que vai liderando a canção. Tea Party é o exemplo clássico do género Disco / Rock que a banda pretende distinguir dos demais.

No passado, a banda foi cabeça de cartaz no palco da Fundação Joe Strummer no Festival de Glastonbury, esgotou o The Lexington, em Londres, apareceu num episódio da série “Catastrophe”, vencedora de um Emmy Award e atingiu centenas de milhares streamings no Spotify. Que a banda tem potencial é já uma certeza. Agora é aguardar pelo disco de estreia! 

O tema foi inserido na playlist do blogue Fresh Findings no Spotify. Podem ouvir aqui. 

When did you last check your mailbox

Whispered lies through twisted door locks

Come back to reality

Something tells me you ain’t my best friend

Half loved life lived in the west end

Come back and have a drink for me

Cut me loose I want to dance with your brother

Tie my noose to the rafters of this heavy home

Cut me loose I want to dance with your brother

All my youth hangs around me just to hear you go

All your friends here tonight

Faces wrapped in permanent delight

Drop your jazz on the floor

If you want a little more

Decisions made in half speedquick time

Dancing fingers in twisted confines

Come back to reality

What’s that taste it lingers on you

From when I heard the demons come through

Come back and have a drink for me

Cut me loose I want to dance with your brother

Tie my noose to the rafters of this heavy home

Cut me loose I want to dance with your brother

All my youth hangs around me just to hear you go

All your friends here tonight

Faces wrapped in permanent delight

Drop your jazz on the floor

If you want a little more

I’m a manic zodiac killer

Ima sprinkle my dust all over your vanilla

He’s a hot second to the thriller that you know that you go to

To give you some more

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!