Opinião: “O Herdeiro de Sevenwaters” de Juliet Marillier

O Herdeiro de Sevenwaters
Juliet Marillier

ISBN: 9789722518970
Número de Páginas: 480
Data da primeira Edição: 2009

Sinopse: Os chefes de clã de Sevenwaters são há muito guardiões de uma vasta e misteriosa floresta, um dos últimos refúgios dos Tuatha De Danann, as Criaturas Encantadas que povoam as velhas lendas. Aí, homens e habitantes do Outro Mundo coabitam lado a lado, separados pelo finíssimo véu que divide os dois reinos e unidos por uma cautelosa confiança mútua. Até à Primavera em que Lady Aisling de Sevenwaters descobre que está grávida e tudo se transforma. Clodagh teme o pior, uma vez que Aisling já passou há muito tempo a idade segura para conceber uma criança. O pai de Clodagh, Lorde Sean de Sevenwaters, depara-se com as suas próprias dificuldades, vendo a rivalidade entre clãs vizinhos ameaçar fronteiras do seu território. Quando Aisling dá à luz um filho varão – o novo herdeiro de Sevenwaters – Clodagh é incumbida de cuidar da criança duarnte a convalescença da mãe. A felicidade da família cedo se converte em pesadelo quando o bebé desaparece do quarto e uma coisa não natural é deixada no seu lugar. Para reclamar o irmão de volta, Clodagh terá de entrar nesse reino de sombras que é o Outro Mundo e confrontar o poderoso princípe que o rege. Acompanhada nesta missão por um guerreiro que não é exactamente o que parece, Clodagh verá a sua coragem posta à prova até ao limite da resistência. A recompensa, porém, talvez supere os seus sonhos mais audazes…

Opinião: Para quem leu a trilogia de Sevenwaters, quem não se lembra de Lord Colum, Sorcha, e depois dos seus filhos Liadan, Sean e Conor? Pois é! Neste livro voltamos a encontrar fragmentos desses belos momentos. Neste livro temos Sean como senhor de Sevenwaters e Liadan casada com Bran como senhora de Harrowfield. Um dos focos deste livro é, como o título diz, o herdeiro de Sean. Até Aisling ficar grávida, o filho de Liadan, Johnny (o da profecia), é o herdeiro expectável para suceder Sean. Johnny é um guerreiro notável, com a força do pai e todo o amor da mãe. Mas todas as certezas ficam abaladas quando a mulher de Sean engravida com toda a certeza que é um rapaz.
No meio disto tudo temos as filhas de Sean (6 no total) em que se destaca Clodagh, a narradora da história. Sem possuir nenhum talento sobrenatural como todos os narradores desta saga até agora, ela não deixa de nos cativar e de nos surpreender com a sua força de vontade e de espírito e a sua capacidade de amar para além do que todos imaginam possível. Outras duas personagens marcantes deste livro são Aidan e Cathal, ambos guerreiros de Johnny da ilha de Erin. Aidan é filho de um senhor de clã de whiteshore e Cathal seu companheiro desde infância. Ambos são os guerreiros de confiança de Johnny e travam um pequeno triângulo por Clodagh. Não vou revelar muito mais porque senão seria spoiller.
Na sua aventura para recuperar o irmão verdadeiro, Clodagh é acompanhada por Cathal que fugia naquele momento de Sevenwaters por ser acusado de traição. Dadas as mudanças que estavam a ocorrer no mundo dos Tuath De, Clodagh e Cathal encontraram muitas mais dificuldades do que estavam à espera.
O Outro mundo anda em revolução com a ascensão do novo Senhor do Carvalho e depois da Dama da Floresta ter partido para outras ilhas.

É um regresso a Sevenwaters que tanto me deixou fascinada e emocionada quando li os livros há uns anos atrás. Foi muito bom regressar, embora a intensidade dos sentimentos não tivessem sido os mesmos. A escrita não foi tão profunda e apesar de me custar parar de ler o livro (Li em três noites), não foi como nos outros 3 em que pura e simplesmente parar era impossível e só em último recurso.
Achei que o livro deixou imensoooooo em aberto. As declarações de Cíaran a respeito do Outro Mundo e do Senhor Carvalho, o facto de tudo ainda estar em aberto para Clodagh e Cathal.. Enfim, achei que talvez pudesse ter sido um pouco mais explorado neste livro, mas quem sabe se não vêm aí mais para esclarecer isto tudo?
Acho que mesmo que os próximos livros não sejam tão bons (se houverem mais), nunca me vou fartar de Sevenwaters =)

Nota 8.8/10

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
8 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jojo
Jojo
11 anos atrás

Eu quero muito ler Sevenwaters. Estou fascinada com esta autora e quero ler o máximo de livro dela. Mas o tempo anda fugidio.

Bjinhos*

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Eu ando farta de procurar a trilogia sevenwaters.. Farta Farta Fartíssima!!

Nem online há disponivel 🙁

Eu quando li, foi a minha afilhada da faculdade que emprestou. Se apanho aquele pack de 3 nem sei o que lhe faço!! Eu como já te disse, nunca li nenhum dos outros da Juliet, mas só de pensar nesta saga até me aperta o coração!!

Queria ver se arranja tempo para ler mais, também.. Mas em Fevereiro vou ter aí umas duas semanas de descanso que vou aproveitar para tentar devorar uns livritos também!!

Como tens andado Jojo, também em época de exames?

Beijinhos **

Jojo
Jojo
11 anos atrás

Oi!
Eu também se apanho o pack faço uma festa de arromba :P!

Boa sorte para os teus exames!!! Eu estou na fase pré-exames. Os meus só são em Fevereiro.

Bjoka*

marduk
marduk
11 anos atrás

Este comentário foi removido pelo autor.

Unknown
Unknown
11 anos atrás

Ola. Apesar de tb ter adorado este livro, ou não fosse de uma das minhas escritoras predilectas, sinto que realmente não foi tão bom quanto os anteriores da saga. No entanto dps de ler o Filhos das Sombras, a fasquia ficou realmente muito elevada.
Quando ao Drácula, de Bram Stoker tb comprei na Fnac do Colombo, ontem a tarde onde só haviam dois exemplares: o que eu comprei, e o que compraste tu 😀 Que grande coincidência!
Bjs e boas leituras.

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Podes crer =)

Realmente depois de ler a trilogia, principalmente o segundo livro, fica-se sempre à espera de mais e de melhor. Mas melhor que aquele, até agora ainda não 🙂

Beijinhos e óptimas leituras para ti!

Vitor Frazão
Vitor Frazão
10 anos atrás

PallaAthena e Morrighan têm razão, "O Filho das Sombra" é a melhor da tetralogia.

Na verdade, Juliet Marillier tem uma tendência para as sequelas superarem os primeiros livros das colecção. Na "Saga das Ilhas Brilhantes" o "Filho de Thor" é bom mas a "Máscara de Raposa" é superior. Assim como nas "Crónicas de Bridei" tanto "A Espada de Fortriu" e "O Poço das Sombras" superam "O Espelho Negro".

Independentemente de opiniões pessoais nas sequelas da autora as personagens e histórias são mais complexas e interessantes.

http://cronicasobscuras.blogspot.com/

Vc
Vc
10 anos atrás

OMG! Quero este e toda a trilogia 😀

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!