Orbias – As Guerreiras da Deusa de Fábio Ventura

Orbias – As Guerreiras da Deusa
Fábio Ventura

Editora: Casa das Letras
Nº de Páginas: 393

Sinopse: «Noemi é fã de cinema e séries de acção e aventura. Mas nunca imaginou que ela própria faria o papel de uma dessas personagens que de um momento para o outro vêem a sua via normal dar uma volta de 180 graus. De uma forma pouco ortodoxa, descobre que é um Anjo, uma Guerreira ancestral renascida e que, numa dimensão paralela à da Terra, existe um mundo mágico regido por uma Deusa – Orbias.
Mas Noemi não terá apenas de lidar com os seus novos poderes e responsabilidades. Terá também de se confrontar com perigos e emoções aos quais não estava habituada, especialmente um sentimento em relação a Sebastian, um orbiano sedutor… Conseguirá ela superar a sua fragilidade e conflitos interiores para salvar os dois mundos da destruição?
Orbias é uma aventura fantástica repleta de acção, sensualidade, personagens e cenários surreais, humor e magia. Uma obra essencial para quem gosta de uma história cheia de surpresas e fantasia moderna.»

Opinião: Aqui há uns dias, apresentei-vos o autor Fábio Ventura. Este é o seu primeiro livro e digo-vos, Adorei!! Embora virado para o público mais jovem, conseguiu despertar desde bastante cedo o meu interesse e foi com prazer que li o livro.
Orbias fala-nos de dois mundos paralelos – a Terra (regida pelo Deus) e Orbias (regida pela Deusa e cheia de magia) – que no sacrifício final das guerreiras da deusa (pessoas com poderes que a deusa transmitiu) para separar os dois mundos, algo de errado aconteceu e os mundos não ficaram totalmente separados, havendo sítios onde se podiam avistar mutuamente. Para os mundos poderem ser definitivamente separados, tem que se esperar que a alma das guerreiras reencarne para finalmente se fazer o ritual de forma correcta.
Mas claro que nem todos estão de acordo com a separação definitiva dos dois mundos e são formadas duas sociedades. A Sociedade Índigo – com terrestres e Orbianos a quererem poderosos – que querem impedir a todo o custo que as guerreiras cumpram com o seu destino, e a Sociedade Escarlate que está contra a Sociedade Índigo.

De forma extremamente jovial, engraçada e apaixonada, Fábio Ventura constrói uma trama fantástica, com lutas entre o bem e mal, dúvidas sobre o que é certo ou errado e com muita, muita magia à mistura.

Como personagem principal temos Noemi, a primeira guerreira despertada para cumprir o seu destino – a guerreira da omisciência. Quem a desperta é Sebastian, que se torna o grande amor da vida dela. Durante todo o livro o romance entre os dois é muito apaixonado, em que a Noemi sente tudo de forma muito intensa e trava batalhas sobre o que estará primeiro: o seu dever como guerreira ou Sebastian.
Quase ao mesmo tempo de Noemi, Lorelei – a guerreira da Vida – também é despertada mas esta é totalmente diferente de Noemi. Enquanto Noemi é bastante insegura e pacata, Lorelei é super segura de si mesma e confiante.
E assim cada guerreira tem as suas características e é mesmo muito fácil afeiçoarmo-nos a elas.
Com um final muitíssimo surpreendente, ficamos com vontade de ler logo o próximo! Mas temos que esperar pelo menos até Setembro!
Gostei muito do livro, da estruturação dos dois mundos, das batalhas entre ambos e principalmente de como as guerreiras se foram relacionando. Admito que ao início achei tudo um pouco infantil, mas depois de encarar o livro como ele é – uma história cheia de fantasia virada para público jovem – foi muito mais fácil de ler e ainda me fartei de rir em algumas situações que quase me fizeram lembrar, imaginem só, as navegantes da lua!

Aproveito para deixar aqui uma mensagem ao Fábio – A tua escrita evoluiu bastante ao longo do livro e se o segundo livro ainda está mais maduro que este, acho que tens tudo para ter muito sucesso. O facto de seres bastante humilde e simpático, mostra que tens os pés bem acentes na Terra e isso só está a teu favor. Boa sorte e em Setembro estarei ansiosa para comprar o próximo!

Nota: 7/10

PS: Para conhecerem melhor o Fábio Ventura basta carregarem aqui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
6 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
J. F. Pereira
J. F. Pereira
11 anos atrás

Bom, ainda não comprei o livro porque em todas as livrarias onde entrei não o encontrei! Devido às boas críticas que li no Blog da Sofia, vejo-me quase que obrigado a procurar com mais afinco. Eu chamo-me J. F. Pereira, tenho 25 anos e me dedico à escrita do fantástico. Andava há algum tempo a escrever uma trilogia que se assemelha à do Fábio, mas em vez de existirem dois mundos, existem três! Há um mundo mais evoluido que o nosso planeta e que se chama Harthna, outro mais atrasado que se chama Galaphera e claro o nosso planeta que estará representada por uma pequena e mágica cidade chamada Belleville. Os três mundo formam a palavra BEHAGA (Belleville + Harthna + Galaphera)! A História depois posso enviar-te por email Sofia! Fiz uma pausa quanto à trilogia! Agora estou a escrever um livro que envolve sociedades secretas, família real e alienígenas! Por enquanto o nome é: A Irmandade do Sol Negro!
Eu acho bem que aposte em autores portugueses pois também eles escrevem tão bem quanto os outros!

Um abraço a todos os escritores e leitores neste dia mundial da poesia!

J.F. Pereira

Fábio Ventura
Fábio Ventura
11 anos atrás

J.F., da minha parte, peço desculpa por não encontrares o livro à venda. Alguns leitores queixaram-se do mesmo. Creio que é problema de má gestão das lojas. Sempre podes tentar comprar online 😉

Quanto ao teu projecto no campo da escrita, desejo-te toda a sorte do mundo =) Espero que tenhas a oportunidade de publicar os teus livros.

Abraço

J. F. Pereira
J. F. Pereira
11 anos atrás

Olá Fábio, eu acho que a culpa não é tua, mas sim das livrarias. Preferem dar destaque a autores internacionais, ao invés de beneficiarem os nacionais. Enfim é uma mentalidade que teremos de mudar produzindo obras de qualidade. E acho que estamos num bom caminho! Vou seguir o teu conselho e comprar o livro online! Não vejo a hora de o ler. Assim que o meu estiver pronto, deixo-te saber.

Um abraço,

J. F. Pereira

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Sabem o que vos digo?!!! Não sabem o que é bom!! As livrarias, claro 🙂

SkyStorm
SkyStorm
10 anos atrás

Ora, agora que li o livro, leio a crítica. Realmente, as navegantes da lua saltam logo à vista. E Final Fantasy 7 também! Também torci o nariz de início porque estava à espera de algo mais adulto, mas uma vez colocado no contexto… foi uma experiência boa e que se recomenda. E preparem-se para rir e, para os mais sensíveis, até mesmo chorar! O final está realmente surpreendente e intrigante… o suficiente para nos deixar água na boca.

Quanto ao assunto das livrarias, confesso que nunca o procurei. Mas isso não me impediu de dar de caras com ele bastante vezes. Vou ficar a tento a ver se se tornou mais uma vítima dos eclipses literários.

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Olá Fred!

Ainda bem que gostaste 🙂

Eu por acaso tenho visto o livro do Fábio, a ver se continua assim 🙂

Beijinhos

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide