Opinião: Dança no Cemitério de Douglas Preston e Lincoln Child

Dança no Cemitério

Douglas Preston & Lincoln Child

Editora:Arcádia

Opinião:Na noite do seu primeiro aniversário de casamento, Nora Kelly decide ir comprar os bolos preferidos do seu marido, William Smithback. Quando volta, depara-se com a porta de casa aberta e com um homem deformado a sair dela, repleto de sangue e com uma grande faca na mão. O seu marido tinha acabado de ser assassinado.

Os vizinhos reconheceram o assassino, reportaram à polícia, mas algo de muito errado se passa… O suposto assassino foi encontrado morto há duas semanas. Como é suposto encontrar-se alguém que já morreu?

Esta foi a minha estreia com a dupla Douglas Preston e Lincoln Child e só tenho a dizer que fiquei com vontade de devorar todos os seus livros.

Neste livro, temos então duas personagens principais, o agente da NYPD , Vicente D’Agosta, e o agente do FBI, o famoso Pendergast. Famoso porque li noutro blog que este é o nono livro desta dupla dedicada a Pendergast. Sei que em livros anteriores o seu passado foi desenvolvido e confesso que houve algumas partes em que achei que havia ali uma lacuna qualquer. Embora se leia bem sem se ter lido os anteriores, pois é um livro independente, ainda nos aguça mais a curiosidade para começar a ler os livros desde o primeiro.

Em Dança no Cemitério, para além da constante acção e tensão, sentimo-nos compelidos a ler mais e mais, tornando-se mesmo uma leitura compulsiva, mas ao mesmo tempo aterrorizadora em alguns momentos. Com alguns elementos sobrenaturais com referências aobeah, vudu,e com as mortes a sucederem-se umas às outras, é por vezes quase irracional os nervos e a adrenalina que se apoderam de nós. Um livro que me surpreendeu imenso, que a cada momento nos revela uma faceta nova. O que pensamos que é num segundo, no outro a seguir já pensamos outra coisa.

O mistério à volta do que realmente se passa, é mantido até ao final. Embora não seja completamente inesperado, não dá para ter certeza alguma até chegarmos mesmo ao fim.

Um livro que recomendo vivamente e preparem-se para sentir a vossa pulsação a acelerar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!