Opinião: “Anoitecer” de Karen Marie Moning

Anoitecer (Fever #1)
Karen Marie Moning

Editora:Contraponto
Páginas: 263

Sinopse: Quando a irmã de MacKayla foi assassinada, deixou uma única pista sobre a sua morte — uma mensagem enigmática no telemóvel de Mac. Numa viagem à Irlanda, em busca de respostas, Mac vê-se rapidamente perante um desafio ainda maior: manter-se viva tempo suficiente para dominar um poder que não fazia ideia possuir — um dom que lhe permite ver para lá do mundo do Homem, para o perigoso reino dos Fae… Enquanto Mac mergulha cada vez mais fundo no mistério da morte da irmã, todos os seus movimentos são seguidos pelo sombrio e misterioso Jericho… enquanto, ao mesmo tempo, o implacável V’lane — um Fae-alfa que transforma o sexo num vício para as mulheres humanas — se aproxima dela. À medida que as fronteiras entre os dois mundos começam a desmoronar-se, a verdadeira missão de Mac torna-se clara: encontrar o misterioso Sinsar Dubh antes que mais alguém reclame o poderoso Livro Negro — pois quem conseguir chegar até ele primeiro terá nas mãos o controlo completo sobre ambos os mundos…

Opinião:Anoitecer, o primeiro livro da série Fever, é um livro cheio de mitologia, acção, mistério e suspense. Para quem gosta de mitologia e lendas celtas, este livro torna-se um mistério ainda maior.
Tuatha Dé Danann, é um dos povos primordiais, segundo as lendas, que habitaram a Irlanda, e é sobre estes seres míticos que a história ronda.

Mac é uma personagem divertidíssima! Num dia não passa de uma empregada de um bar na Geórgia, EUA, no outro descobre que é uma vidente. E ela não vai descansar enquanto não descobrir quem matou a sua irmã. Quando conhece Barrons, um homem elegante, de aparência intemporal, a sua vida, em muito pouco tempo, é virada do avesso. A história é recheada de acção. Conhecemos imensas personagens de carácter muito forte e todas elas procuram o Sinsar Dubh.

Narrado na primeira pessoa, por Mac, a autora vai-nos dando pistas do que vai acontecer mais à frente. Vai-nos lançando enigmas que fazem com que a curiosidade cresça em nós e que seja difícil largar a leitura. Um ponto forte do livro é a relação entre Mac e Barrons. Ao contrário do que várias autoras nos têm habituado, com histórias escaldantes e sempre à flor da pele, aqui é bastante diferente. Barrons é uma personagem completamente misteriosa. Tanto parece bem disposto como de repente não passa de alguém autoritário e arrogante. Como tal, por nunca deixar a Mac penetrar bem no seu mundo, aguça-nos o apetite para ver se a relação vai evoluir.

Seres que sugam a essência humana até deixar apenas uma carapaça, outros que provocam uma luxúria impossível de resistir só de estarem na sua presença, outros que roubam e beleza das pessoas, são apenas alguns dos que conhecemos neste livro. Um bom início de série que deixa o final em aberto, pronto para o segundo volume. Uma boa leitura. Gostei.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
11 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tita
Tita
11 anos atrás

Li esta semana o segundo volume desta série e fiquei de tal forma viciada na leitura que agora tenho que comprar o primeiro livro =P

Patrícia Cálão
Patrícia Cálão
11 anos atrás

Eu gostei bastante do livro. Aguçou a curiosidade para o resto da série. Tenho aqui o 2ºvolume, mas ainda não o li.

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Já li o segundo, a ver se publico a opinião hoje ou amanhã. Pena que o terceiro só sai para o ano, segundo ouvi dizer 🙁

Milene
Milene
11 anos atrás

Devo acrescentar que a série, além de extremamente viciante, faz um retrato magnífico de Dublin (no que respeita à cidade em si) XD

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Conheço muito pouco de Dublin e do que conheci, mal me lembro. Já foi há tantos anos e de passagem… Nessa altura ainda viajava à fartazana com o basquet… Belos tempos =P

Milene
Milene
11 anos atrás

conheço eu (5 dias a passear-me pela O'Connel Street e pelo Temple Bar) =)
Tu tens de ir connosco numa das próximas incursões lolol

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Podes crer que tenho mesmo que ir… A ver se começo a juntar e tal.. Ahahah =P Mas por acaso quero MESMO IMENSO ir.. Fui lá de passagem com o basquet e soube a pouco..

Milene
Milene
11 anos atrás

fosse mais cedo e ainda te arrastava este ano para LIS-DUB-GAL-DUB-LIS (sim, o curso tem destas coisas lolol), embora o ponto central da viagem seja Galway (cidade e pontos turisticos de interesse em redor que abrangem 2 condados: Galway e Clare), ainda queremos fazer uma "perninha" em Dublin para ir à Carrol's XD

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Vou chorar :'(

Milene
Milene
11 anos atrás

havemos de lá ir e levamos o Fábio connosco, o que dizes?

Morrighan
Morrighan
11 anos atrás

Por mim acho que ia ser a risota total =P

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide