Opinião: “O Vampiro Lestat” (Volume 2) de Anne Rice

O Vampiro Lestat (Volume 2)

Anne Rice

Editora: Europa-América

Nº de Páginas: 264

Sinopse: Extravagante e apaixonado, Lestat mergulha nos lascivos lupanares de Paris do século XVIII, na Inglaterra dos druidas e na Nova Orleães finissecular. Após um sono profundo de cinquenta e cinco anos, Lestat está fascinado pelo mundo moderno. Quando quebra o código de honra dos vampiros, que lhes impõe o silêncio sobre a sua condição, Lestat revela-se na esperança de que os imortais se ergam e se unam para descobrirem o mistério da sua existência. E é então que Lestat, o caçador, se transforma numa presa.

Opinião: Se no primeiro volume eu fiquei presa à leitura, neste segundo volume largá-la, tornou-se impossível. Enquanto que na primeira metade, temos Lestat humano e a vivenciar as suas primeiras experiências como imortal, nesta segunda metade temos todo o seu percurso vampírico até aos dias de hoje, em que é uma famosa estrela de rock.

Começamos por ficar a conhecer um pouco mais sobre o misterioso Armand (já nosso conhecido em “Entrevista com o Vampiro“) e descobrimos Marius, uma personagem apaixonante da qual adorei saber a história. Lestat passa por momentos de adoração e de sofrimento tão intensos como ele nunca imaginou. O seu percurso ao longo destas páginas mostrou-nos alguém bem diferente do que nos foi dado a pensar em “Entrevista com o Vampiro“. Dentro dele, batalhas sobre o que é certo e errado e a admiração por tudo o que é humano, são expressos de forma tão intensa, tão avassaladora…

Um livro brutal em toda a sua beleza e sentimento. Conhecemos seres tão sublimes e tão poderosos que estão para lá da compreensão do próprio Lestat. A acção vai decorrendo sempre a muito bom ritmo, em que sentimos uma “sede” gigante que o próximo mistério nos seja revelado. E tudo culmina com a aparição de Louis. O reencontro entre Lestat e Louis era um momento pelo qual eu ansiava muito e que não desiludiu.

Este segundo volume está bastante mais envolvente e intenso que o primeiro e, quando o fim chega, consegue deixar aquela saudade instantânea e a vontade de querer mais. Uma leitura fantástica que me marcou bastante.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
6 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leto of the Crows - Carina Portugal
Leto of the Crows - Carina Portugal
10 anos atrás

Ai, como tenho vontade de ir já comprar este e o primeiro volume à livraria mais próxima… e a culpa é tua xD Já há uns anos que não toco em livros da Anne Rice, e estes foram aqueles dois livros dela que sempre quis ler e nunca li. E a tua crítica aguça-me o apetite… enfim, tenho de me conter.

Espero que continues com vontade de ler mais livros vampíricos desta senhora, porque os outros também são muito bons (A Rainha dos Malditos, Sangue e Ouro, Merrick… ai, que saudades…)

Beijinhos ^^

Carina B.
Carina B.
10 anos atrás

Ainda não li nenhum deste volumes, mas após a tua critica vou ter mesmo que os ler!! Parece ser uma leitura fascinante :))

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

São dois livros fascinantes, sim 🙂

Beijinho às duas!

d311nh4
d311nh4
10 anos atrás

Fiquei muito feliz com o facto de estes livros serem reeditados, quer isso dizer que vou poder ler aqueles que nunca li porque não existem mais=(

Vánia Valadeiro
Vánia Valadeiro
10 anos atrás

Ainda tenho k ler estes livros….ainda nem li o primeiro, mas já li outros da autora e adorei….mas este mês já comprei 3 livros ….ups…estes ainda têm k esperar 🙁 *V*

Vánia Valadeiro
Vánia Valadeiro
10 anos atrás

Ainda não li nem o primeiro livro….mas tenho k pensar seriamente no caso….é k já li outros da autora e adorei…mas este mês já comprei 3 livros…estes vão ter de esperar 🙁 *V*

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide