Samhain ou Halloween

Boa tarde caros leitores,

Como sabem hoje é dia 31 de Outubro. Dia de Halloween para tantas crianças e adultos por toda a parte do mundo. Hoje vou-vos falar um pouco sobre este dia tão especial para os pagãos e seguidores da cultura celta.

Para quem não sabe, para os celtas o ano é um processo cíclico – A Roda do Ano. Já falei neste blog sobre a roda do ano e também todos os seus festivais. Poderão consultar essa informação neste LINK. Sendo o ano um processo cíclico chega ao dia em que o ano acaba para recomeçar novamente. Pois bem, esse dia para os pagãos é hoje mesmo!

Samhain – Festival de passagem de ano dos celtas. É a comemoração do Ano Novo Celta, momento misterioso que não pertence nem ao passado, nem ao presente, nem a este mundo e nem ao outro, é o momento onde os portões dos mundos se abrem e o véu que os separa se torna mais tênue. Época ideal para se honrar os antepassados.

Samhain significa “sem luz” ou “fim do verão”, pois nesta noite o mundo mergulha na total escuridão da alma, preparando-se para a chegado do Inverno. É um momento de introspecção e de recolha.

No mito da Roda do Ano, a Deusa vai ao mundo das sombras em busca do seu amado. Os Deuses amam-se e desse amor é gerada a semente da luz, que renascerá novamente no Solstício de Inverno (Yule – podem encontrar informação AQUIe AQUI), como a criança que trará a luz e a esperança do Verão.

Samhain é a noite que marca o início de um novo período e um novo recomeço nas nossas vidas. É um renascer das cinzas. Muitas pessoas preparam-se para este dia tentando “morrer”, nos seus aspecto mais negativos, para depois “renascer”. Traçam-se novos objectivos e metas e fazem-se promessas.

Homenageia-se a memória dos antigos preparando os seus alimentos preferidos e contando histórias aos seus descendentes. Ao anoitecer, acendem-se velas nas janelas da frente de casa, em sinal de respeito aos nossos ancestrais.

Os celtas praticavam rituais de purificação, queimando simbolicamente todas as suas frustrações e as ansiedades do ano anterior nas fogueiras ou no caldeirão. Usavam ervas ou incensos, cada um simbolizando algo.

Este ritual é dedicado aos Deuses: Morrighan, Dagda e Ceridween.

Os alimentos pagãos tradicionais do Samhain são maçãs, tortas de abóbora, avelãs, Bolos para os Mortos, milho, sonhos e bolos de amoras silvestres, cerveja, sidra e chás de ervas.

Incensos: maçã, heliotropo, menta, noz-moscada e sálvia.

Cores das velas: preta, laranja.

Pedras preciosas sagradas: todas as pedras negras, especialmente azeviche, obsidiana e ônix.

Ervas ritualísticas tradicionais: bolotas, giesta, maçãs beladona, dictamo, fetos, linho, fumária, urze, verbasco, folhas do carvalho, abóboras, sálvia e palha.

Para mais esclarecimentos ou curiosidades basta contactar =). Terei todo o gosto em partilhar.

Tenham um abençoado Samhain.

E que a roda nunca pare de girar.

Morrighan

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
6 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anónimo
Anónimo
12 anos atrás

óptimo post, sabia que o sahaim era festejado mas não tinha ideia da tradição, obrigada pelo esclarecimento. o teu blog é dedicado à tradição celta? leste "brumas de avalon"?

Morrighan
Morrighan
12 anos atrás

Olá =)
Desde já, obrigado pelo teu comentário.

Respondendo à tua primeira pergunta:
– O meu blog em primeira mão foi pensado para falar sobretudo de paganismo e crenças celtas. Tenho um grande respeito por essas tradições e crenças. (O meu nick não foi inventado por simpatia ;))
Depois eu pensei, bem, eu gosto tanto, mas tanto de ler e de poder partilhar novidades e opiniões, que se calhar vou adicionar mais esta temática.
Resumindo, no meu blog vou falando de tudo um pouco. Às vezes apenas sobre o que me vem à cabeça. Mas se pretendo continuar a postar sobre a cultura, lendas e tradições celtas? Sem dúvida alguma pois é uma grande paixão que tenho.

Respondendo à segunda pergunta:
– Já li As Brumas de Avalon. Gostei mesmo mesmo muito, embora não me tenha marcado tanto como outros que abordam um pouco a cultura celta. Sem dúvida que voltarei a ler As Brumas de Avalon e partilharei aqui a minha opinião.

Mais questões ou opiniões, sente-te livre de te expressares. Se quiseres deixar uma identidade (nem que seja um pseudonimo) também não me oponho 🙂

Vitor Frazão
Vitor Frazão
11 anos atrás

De algum modo essa respeitável prática religiosa tornou-se em bandos de putos a cravarem doces…

Embora o Samhain não tenha sido tradicionalmente comemorado no nosso país (pelo menos desde que a moda do cristianismo pegou) é bom saber que algo dele sobreviveu por cá, mesmo que adulterado.

Maria João
Maria João
11 anos atrás

Bem adorei a tua explicação, gostaria mesmo de saber mais sobre esta cultura. Ela atrai-me imenso desde sempre, mas existe tanta informação falsa que se torna difícil discernir o que está correcto

Tinkerbell
Tinkerbell
9 anos atrás

adoro estes posts que fazes e vou passar a lê-los atentamente… primeiro porque adoro aprender; dp desde que li as brumas há já alguns anitos que quero saber mais mas espero reler no futuro agora cm outra maturidade 😉

beijocas e bom ano

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

Fico muito contente que tenham gostado 🙂

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide