Opinião: ‘A Muralha de Gelo’ (As Crónicas de Gelo e Fogo #2) de George R.R. Martin

A Muralha de Gelo (As Crónicas de Gelo e Fogo #2)

George R.R. Martin

Editora: Saída de Emergência

Colecção: Bang!

Sinopse: Eddard Stark só aceitou o prestigiado cargo de Mão do Rei para proteger o rei… ou não suspeitasse que o anterior detentor desse título fora mandado assassinar pela rainha. Mas agora Eddard tem a certeza que foi ela. E também sabe a razão: a rainha tem um segredo escabroso que pode levar à queda da dinastia e mesmo à guerra civil!

E como se a conspiração palaciana não bastasse, tudo piora quando o rei Robert Baratheon é ferido mortalmente por um animal numa caçada. Mas a Mão do Rei já desconfia de tudo: terá sido mesmo um animal… ou o trabalho de mais um assassino da rainha? Um homem honrado e justo, Eddard Stark começa a temer ser derrotado pelo ninho de víboras que é a Corte e a Casa Lannister.

Mas a ameaça de guerra civil não é a pior sombra que paira no ar. No norte, para lá da muralha de gelo, uma força misteriosa manifesta-se de maneira sobrenatural. E ainda mais longe, a última herdeira dos Targaryen prepara-se para invadir os Sete Reinos com o maior exército alguma vez visto… e com o auxílio de dragões!

Opinião: A Muralha de Gelo é daqueles livros que nos conquista. Se havia qualquer dúvida do potencial desta série no primeiro volume, este tira-nos qualquer dúvida. Estamos possivelmente perante uma das melhores séries de sempre de fantasia épica. George R.R. Martin mostrou-se como um mestre do suspense e do mistério que nos prendem da primeira à última página.

Os Sete Reinos estão num caos. Conspirações atrás de conspirações e ninguém acaba por ser de confiança. Eddard Stark sempre foi um homem de honra, talvez o mais honrado dos sete reinos, mas à sua volta só lhe dizem que é essa honra que lhe vai trazer a morte à sua porta. Sem dúvida uma grande personagem criada pelo autor.

Enquanto a corte anda numa confusão de mentiras e traições, é Robb, o herdeiro de Ned, que se vê obrigado a crescer mais cedo do que esperava e, quando dá por ele, lidera centenas de homens para a guerra contra os Lanister. Sem dúvida foi a personagem revelação deste volume e gostei bastante do que George Martin fez com ele.

Os Lannister são uma praga. E parece que quanto mais tentamos que eles desapareçam da nossa vista, mais eles fazem por valer a sua presença. No entanto penso que várias surpresas nos esperam em relação a alguns deles. Tyrion continua um autêntico mistério e o que o move… Ninguém sabe!

Entretanto Jon Snow, uma das minhas personagens favoritas, vê-se confrontado com uma nova ameaça dentro das muralhas que jurou defender. Será que os Outros estão de volta? Mas as notícias sobre a sua família só vêm agitar ainda mais a sua mente e ele terá decidir: a honra de defender as muralhas ou o amor pela família que o tratou como o bastardo que é e cujo lugar para ele não existe?

Mas é Daenerys nos momentos finais que nos deixa de coração nas mãos! Uma personagem feminina com grande personalidade e determinada. E lá caminha ela, para reclamar o que é seu por direito acordando o dragão que há em si.

Algo que me surpeendeu muito pela positiva na escrita de George Martin, é que apesar de ele ser complemente impiedoso, seja com que personagem for, e parecer que cria ali um buraco no nosso ânimo, logo a seguir ele chama a nossa atenção para outros acontecimentos empolgantes parecendo que aquela ‘perda’ já se passou há muito tempo e não há umas páginas atrás.

Um livro viciante, vertiginoso e que acaba de uma forma que só nos faz querer devorar o próximo o mais rápido possível. 5 estrelas! Adorei.

Opiniões dos restantes livros:

A Guerra dos Tronos (As Crónicas de Gelo e Fogo #1)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fiacha
Fiacha
8 anos atrás

Bem vinda ao cada vez maior numero de admiradores do escritor.

Este volume apenas encerra um ciclo, mas o arco do enredo está longe de estar fechado, muito mas ainda muito vai ser desenvolvido.

E essa desculpa mas essa de não queres ver os Lanister à frente foi cruel.

Para já o patriarca é poderoso, Jaime, vai por mim, ainda vais gostar dele, embora provavelmente dificilmente lhe perdoarás o que fez ao Bran, Cersei é uma pequena víbora e claro o Tyrion é uma personagem e pêras.

Os livros de Mae
rtin seriam bons na mesma sem esta casa, mas não seria a mesma coisa 😀

BJ

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!