Opinião: ‘A Cruz de Morrigan’ (Trilogia do Círculo #1) de Nora Roberts

A Cruz de Morrigan (Trilogia do Círculo #1)

Nora Roberts

Editora: Saída de Emergência

Chancela: Chá das Cinco

Sinopse: Irlanda, século XII. O feiticeiro Hoyt está destroçado pela perda do seu irmão gémeo, transformado num vampiro pela poderosa Lilith. A deusa Morrigan está determinada a enfrentar Lilith e avisa Hoyt de que chegará um dia em que se formará um círculo de seis, destinado a enfrentar Lilith e salvar a Humanidade. Hoyt usa os seus poderes para viajar à Nova Iorque dos dias de hoje onde descobre o seu irmão, um homem bem-sucedido mas frio e cínico, e pede-lhe auxílio na luta contra Lilith.Mas o círculo não está completo sem os poderes mágicos da artista Glenna Ward. Hoyt não confia na magia dela, mas ambos farão tudo para alcançar os seus objetivos. E ao enfrentarem legiões de inimigos,  percebem-se de que o amor que cresce entre ambos poderá aumentar as probabilidades de derrotarem Lilith…

Opinião: A Cruz de Morrigan inicia uma trilogia de estilo bastante diferente do que é habitual da autora Nora Roberts. Estamos habituados a associar esta escritora a uma registo romântico com alguma intriga e mistério, mas nesta obra descobrimos outra faceta sua. Mitologia, esoterismo e uma boa dose de coragem e fé, para não falar no amor, são os ingredientes chave nesta viagem pela Irlanda, na luta do bem contra o mal.

Os humanos estão em perigo e nem os deuses ficam indiferentes. Lilith, a vampira mais poderosa, ameaça extreminar a humanidade espalhando o caos, a morte e o sofrimento. Morrigan, a deusa celta da guerra e da morte, está determinada a não deixar que tal aconteça. Para isso escolhe seis pessoas, de diferentes eras, com diferentes poderes – uma bruxa, um feiticeiro, um vampiro, um guerreiro, uma erudita e um metamorfo. Quando finalmente estes seis se juntam, torna-se evidente que não estão preparados para a ameaça que aí vem. Cabe-lhes então iniciarem um treino duro, cheio de perigo e com algumas perdas pelo meio, que os vão marcar para sempre.

Nota-se que é um primeiro livro de introdução ao mundo e aos poderes nele existentes. A autora apresenta-nos as várias paisagens e cenários que serão determinantes aquando da batalha final, tal como nos apresenta cada personagem e nos dá a conhecer as suas personalidades. Gostei imenso de Cian, o vampiro, e de Hoyt, o feiceiro. Sendo irmãos e devendo estar, supostamente, em lados opostos, é engraçado como vão quebrando as barreiras um do outro criando uma ligação que não deixa o leitor indiferente. Também a forma como a autora usou o amor entre Hoyt e Glenna para criar uma arma poderosíssima contra a escuridão, mostra-nos que apesar de muitas vezes o amor poder ser uma fraqueza, também pode ser a salvação.

Sem dúvida uma obra muito romântica com uma escrita bastante leve e simples. A combinação entre a violência e os momentos de paz está bem equilibrada, fazendo com que a obra não se torne demasiado cor-de-rosa. Gostei e estou bastante curiosa para saber como é que a história se vai desenrolar.

A Cruz de Morrigan - Nora Roberts - www.wook.pt

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
8 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
SkyStorm
SkyStorm
10 anos atrás

Tendo em conta o título, vou assumir que a escolha para a leitura não foi nada casual 😛

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Ahahah! Realmente não foi não. Tinha de o ler :b

Jojo
Jojo
10 anos atrás

Este livro foi feito para tu leres!:p
Tenho alguma curiosidade relativamente apesar de andar um bocadinho cheia da Nora.

Morrighan
Morrighan
10 anos atrás

Vocês é que não sabem, mas a nossa amiga Nora Roberts estava em sintonia comigo quando o escreveu :b
O ano de lançamento deste livro, coincide com o ano em que comecei a estudar mitologia, etc etc – 2006 😛

Eheheh 🙂

kikasbijou
kikasbijou
10 anos atrás

ola!!!!!

adorei o teu blog e por isso ja sou membro! sera que podias
fazer uma visitinha ao meu e aderires? obrigado 😉 bjs grandes

Adriana
Adriana
10 anos atrás

O livro é excelente, recomendo!
Neste momento já estou a ler o segundo da trilogia e até agora tem sido ainda melhor que o primeiro. Estou mortinha para ler o terceiro, porque acho que vai ser sobre a personagem mais misteriosa da saga, o Cian e sobre a Moira!
E se gostarem deste tipo de leitura, recomendo profundamente a saga Predadores da Noite da sherrilyn kenyon, na minha opinião uma das melhores sagas que tem sáido.

Adriana
Adriana
10 anos atrás

Este livro é excelente!Recomendo!
Já estou a ler o segundo da trilogia (quase a acabar)e acho ainda melhor que o primeiro. Já estou mortinha por ler o terceiro, porque vai ser sobre a personagem mais misteriosa da saga, o Cian e sobre a Moira!
Também quem gostar deste género de leitura recomendo profundamente a saga Predadores da Noite de sherrilyn kenyon, garanto que não se vão arrepender de ler, na minha opinião uma das melhores sagas que tem saído.

Trebaruna
Trebaruna
10 anos atrás

Olá, gostei muito deste livro. Só fiquei um pouco desapontada com a tradução. Notei que algumas frases estão escritas sem sentido. Um tradução à pressa. Ainda assim, fiquei rendida à história.

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2022 Reading Challenge

    2022 Reading Challenge
    Sofia has read 7 books toward her goal of 24 books.
    hide