[Iniciativa Diversidade] Black History Month

Black History Month
Imagem retirada de cpl.org

Fevereiro é mês de Black History Month nos Estados Unidos e no Canadá, mas dado que não temos um mês instituído em Portugal decidi publicar na mesma sobre este assunto, já que o considero muito importante. Há uns tempos atrás partilhei alguns posts de incentivo a explorarmos a diversidade cultural e de género através da leitura e penso que não existe melhor ponto de partida do que esse para honrarmos o Black History Month.

O Black History Month é também conhecido como Afro-American History Month e começou como uma forma de relembrar pessoas e acontecimentos importantes na história da diáspora africana. A semente foi lançada nacionalmente nos Estados Unidos em 1926 quando o historiador Carter G. Woodson e a Association for the Study of Negro Life and History anunciaram que a segunda semana de Fevereiro seria a “Negro History Week”, pois essa seria também a semana de aniversário de Abraham Lincoln (12 de Fevereiro) e de Frederick Douglass (20 de Fevereiro) . Foi só no início de 1970 que se viria a celebrar o primeiro Back History Month tendo sido reconhecido oficialmente seis anos depois pelo presidente Gerald Ford.

Desde então (1976) cada presidente tem reconhecido um tema diferente a cada ano e o tema da Black History Month 2021 é “Black Family: Representation, Identity and Diversity” explorando a diáspora africana e como é que as famílias se espalharam pelos Estados Unidos. Convido-vos a visitar https://www.africanamericanhistorymonth.gov para mais informações.

Do meu lado, mais do que ter um mês para criar uma maior consciencialização pela sua história, na verdade lancei-me o desafio a mim mesma de tentar ler um livro BIPOC por mês. Não sei bem se será possível, dado que mal consigo ler o que preciso a nível científico, mas pelo menos os dois próximos livros já estão definidos: Homegoing, de Yaa Gyasi e O quarto de Giovanni, de James Baldwin. Já comecei a ler o primeiro e as primeiras páginas são logo de uma descrição tão fenomenal. É, sem dúvida, uma leitura promissora. Já James Baldwin tenho-o no coração desde que li o impactante “Se esta rua falasse” e achei que estava na hora de ler outro livro seu.

Se tiverem mais sugestões, por favor deixem-nas na caixa de comentários! É fundamental ganharmos maior sensibilidade ao passado de todas as culturas para podermos compreender o presente e lutar por um futuro melhor, mais empático e solidário.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide